Encorajamento para dias difíceis (II)

Warren W. Wiersbe

 

Deus reina

     Deus está no trono! O apóstolo João profere esta expressão de encorajamento vigorosamente em Apocalipse 19:6: “Aleluia: pois já o Senhor Deus Todo-poderoso reina!”

     Por vezes parece que o trono do universo está vazio. Vemos violência e crime e nem sempre vemos a justiça que deveria seguir-se. Vemos as mentiras prosperarem enquanto a verdade se desvanece, e o mal parece estar no controlo do mundo que Deus criou. Por vezes interrogamo-nos se realmente vale a pena confiarmos em Cristo e sermos-Lhe obedientes.

     O apóstolo João viveu num mundo que não era muito diferente do nosso. Certamente que quando ele escreveu o Livro do Apocalipse, ele não o fez sentado num gabinete confortável do edifício de uma igreja ou na biblioteca universitária rodeado de livros e de alunos impressionados. Não, quando João escreveu o Apocalipse, ele era prisioneiro de Roma, exilado na Ilha de Patmos, rodeado pelas águas do Mar Egeu e separado das pessoas que ele amava. Imagine, se quiser, este homem velho que tinha servido a Cristo fielmente, agora no exílio, sofrendo pela sua fé. E apesar disso, quando escreve um livro, não é sobre si mesmo e as suas tribulações que escreve; é sobre Jesus Cristo e os Seus triunfos. Ele não escreve, “Ai de mim, que César está no trono.” Não é essa a linguagem da fé! Não, João escreve, “Aleluia: pois já o Senhor Deus Todo-poderoso reina!”

     Pode parecer que o trono do universo está vazio, mas não está. Deus está no trono. E Ele é o Senhor Deus. Todo o cidadão Romano tinha de comparecer anualmente num altar dedicado a César, para soltar uma pitada de incenso, e dizer, “César é Senhor.” João não faria isso. Ele erguia-se e dizia ousadamente, “Jesus Cristo é Senhor!” Por isso o prenderam e o colocaram no exílio. Mas João não se via como prisioneiro de César; ele era prisioneiro de Jesus Cristo! E ele não estava a sofrer; ele estava a partilhar da glória de Cristo. Independentemente de quão tenebroso estivesse o dia, independentemente de quão pesada fosse a carga, João podia olhar para cima e dizer, “Aleluia: pois já o Senhor Deus Todo-poderoso reina!”

     Deus está a reinar hoje. Ele não abdicou do Seu trono e entregou o universo ao inimigo. É verdade que muito do que acontece neste mundo é contrário à Sua vontade; mas onde Ele não domina, Ele predomina, e os Seus propósitos estão em via de ser cumpridos. Afinal, Ele é o Senhor – o Deus omnipotente, todo-poderoso.

     Nós podemos confiar as nossas vidas e os nossos entes queridos nas mãos desta espécie de Deus. Quando se encontra desanimado ou ansioso ou receoso, lembre-se simplesmente que “o Senhor Deus Todo-poderoso reina.” É este o segredo da paz e alegria no meio de um mundo atribulado. Foi assim que o profeta Isaías ganhou força quando o seu mundo se desmoronou. A nação de Judá fora regida pelo piedoso Rei Uzias, um homem que fez maravilhas pelo seu povo. Mas um dia, o rei Uzias morreu; e Isaías pensou que tudo ia acabar. Ele fala-nos sobre isto no capítulo seis desta profecia: “No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o Seu séquito enchia o templo.” Que visão deve ter sido aquela! O trono na terra estava vazio, mas o trono no céu estava cheio. Na terra, o povo fazia luto, mas no céu os Serafins estavam a louvar a Deus e a dizer, “Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos: toda a terra está cheia da sua glória!” Esta visão do trono de Deus transformou o jovem Isaías; tornou-o um novo homem. Em vez de se assentar e queixar, Isaías dedicou-se a Deus e saiu e começou a testemunhar.

     O apóstolo Paulo teve uma experiência semelhante. Está registada no capítulo dezoito dos Atos. Paulo tinha vindo à cidade de Corinto pregar e estabelecer uma igreja, e a ida foi realmente difícil. Para começar, Corinto era uma cidade realmente iníqua; e a oposição do inimigo era impressionante. De facto, Paulo deve ter sido tentado a desistir. Mas uma noite Jesus veio a Paulo e disse, “Não temas, ... Porque Eu sou contigo, ... pois tenho muito povo nesta cidade.” Paulo ficou em Corinto durante um ano e meio e edificou uma igreja como testemunho. O que foi que fez a diferença? Paulo descobriu que Deus ainda estava no trono.

     E, isso é o que nós iremos ter de descobrir se formos fazer algo assim neste mundo difícil. Nós não podemos depender do nosso próprio mando, pois somos fracos e ignorantes. E não podemos depender demasiado do mando dos outros, pois eles são fracos e ignorantes como nós. A única coisa de que podemos depender é do mando e reino de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador. Se Ele estiver no trono das nossas vidas, então podemos enfrentar o amanhã com coragem e confiança.

     Eu estava a conversar pela Internet com uma estudante universitária que estava muitíssimo preocupada com o problema da antiguidade do mal no mundo. Ela não conseguia compreender porque é que um Deus de amor e poder permitia que tais atrocidades e males ocorressem. É claro que a lembrei de que a humanidade está a colher os resultados da rebelião contra Deus. Deus não deve ser culpabilizado pelo mal existente no mundo; isso é resultado do pecado. Além disso, Deus tem dado ao homem o privilégio de ter a capacidade de escolha, e o homem ainda faz escolhas erradas.

     Mas o maior problema não é a presença do mal neste mundo, mas a presença do bem! O facto de Deus não ter derramado os Seus juízos sobre a humanidade é, para mim, um problema maior do que os males que vemos os homens infligirem uns aos outros! Deus está no trono, e Ele tem o poder de julgar este mundo neste preciso momento, no entanto Ele refreia a Sua ira. Este não é o dia de juízo; este é o dia de salvação. “O Senhor Deus Todo-poderoso reina,” mas Ele hoje escolhe reinar em graça, e não em ira.

     O apóstolo Pedro explica isso claramente no terceiro capítulo da sua segunda carta. “O Senhor ... é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” Por favor não fique com a ideia de que, porque Deus não julgou o pecado do mundo ou o seu pecado, Ele não o vai fazer de todo. O dia do juízo vem, mas neste preciso momento Deus está a ser paciente com os pecadores, convidando-os a confiar em Cristo para serem salvos, com amor e graça. Numa destas horas, o dia da graça terminará e começará o dia da ira, e depois será demasiado tarde. O trono da graça tornar-se-á um trono de juízo e justiça, e todos os que nunca confiaram em Cristo ficarão perdidos para sempre.

     Já alguma vez se humilhou diante do trono de Deus e rendeu a sua vida a Cristo? Ele morreu na cruz em seu lugar. Ele suportou os seus pecados. E Ele quer perdoá-lo, salvá-lo do juízo, e dar-lhe a Sua vida eterna, abundante. Está realmente alegre por Cristo estar a reinar? Ele está a reinar sobre a sua vida? Se Ele estiver no trono do seu coração, então pode encarar o futuro com alegria e dizer, “Aleluia: pois já o Senhor Deus Todo-poderoso reina!”.     
 
São os montículos que te fazem escalar
 Encorajamento para dias difíceis

Warren W. Wiersbe
Encorajamento para dias difíceis (I)
Encorajamento para dias difíceis (II)
Encorajamento para dias difíceis (IIII)
Encorajamento para dias difíceis (IV)
Encorajamento para dias difíceis (V)
Encorajamento para dias difíceis (VI)
Encorajamento para dias difíceis (VII)
Encorajamento para dias difíceis (VIII)
Encorajamento para dias difíceis (IX)
Encorajamento para dias difíceis (X)
Encorajamento para dias difíceis (XI)
Encorajamento para dias difíceis (XII)
Encorajamento para dias difíceis (XIII)
Encorajamento para dias difíceis (XIV)
Encorajamento para dias difíceis (XV)
Encorajamento para dias difíceis (XVI)
Encorajamento para dias difíceis (XVII)
Encorajamento para dias difíceis (XVIII)
Encorajamento para dias difíceis (XIX)
Encorajamento para dias difíceis (XX)
Encorajamento para dias difíceis (XXI)
Encorajamento para dias difíceis (XXII)
Encorajamento para dias difíceis (XXIII)
Encorajamento para dias difíceis (XXIV)
Encorajamento para dias difíceis (XXV)
Encorajamento para dias difíceis (XXVI)
Encorajamento para dias difíceis (XXVII)
Encorajamento para dias difíceis (XXVIII)
Encorajamento para dias difíceis (XXIX)
Encorajamento para dias difíceis (XXX)

Sermões e Estudos

Dário Botas
Divide bem a Palavra da verdade

Tema abordado por Dário Botas em 12 de julho de 2020

Carlos Oliveira
Solidão

Tema abordado por Carlos Oliveira em 10 de julho de 2020

José Carvalho
Salmo 1

Tema abordado por José Carvalho em 05 de julho de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:10 em 08 de julho de 2020

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário