Casamento e lar (7)

Casamento, lar

 

     

Terceiro, o casamento é uma necessidade por causa da necessidade biológica (continuação).

     Em 1 Coríntios 7:1-2, as Escrituras dizem: “Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido”.

     Como vê, evitar a prostituição é uma das razões do casamento. O desejo do corpo, que é natural e próprio, deve, em casos usuais, resultar em amor e casamento no tempo e no modo adequados.

     De novo, no mesmo capítulo, 1 Coríntios 7:9 diz: “Mas se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se”. As pessoas devem-se casar, como algo geral, para evitar a intranquilidade, a tentação e o pecado, que geralmente ocorrem quando as pessoas ficam frustradas com o desejo natural de sexo.

     Não quero com isto dizer que os Cristãos não possam viver continentes, abstémias, com felicidade, sublimidade, continuidade; pois podem. Toda a gente no mundo deve permanecer continente e controlado até que chegue a hora certa do casamento e que o cônjuge adequado apareça e até que as salvaguardas adequadas e convencionais se reúnam. Decerto que as pessoas decentes, as pessoas boas podem permanecer continentes e viver separadas do sexo oposto quando isso é necessário. E para algumas pessoas isso é necessário a vida toda. Em tais casos, certamente que qualquer homem e mulher pode ter graça para fazer o que é correto e viver corretamente. Os Cristãos que não se devem casar podem ter paz, alegria e vitória dia após dia. No entanto, as Escrituras são claras: em casos ordinários, para evitar a prostituição e para evitar o abrasamento de desejos não realizados, o casamento é adequado.

     Não devemos pensar nesse desejo biológico, nessa necessidade sexual, como meramente um chamamento e apenas para a cópula. Existem muitas características secundárias desta fome de coração e fome corporal do sexo. Um homem quer ouvir a voz de uma esposa. Ele quer os cuidados dos seus dedos delicados. Ele quer ouvi-la rir e conversar. E do mesmo modo uma mulher sente a necessidade de se apoiar num marido, de depender dele, de elogiá-lo e de ser elogiada por ele. Tudo isso faz parte do desejo sexual que Deus colocou num homem e numa mulher. É normal e correto. Um homem é feito assim para que sinta a necessidade de uma mulher. Uma mulher é assim feita para que sinta a necessidade de um homem. Em casos ordinários, esse desejo biológico é a razão do casamento.

- John Rice
The Home (O Lar)
(Continua)

Casamento e lar (1)
Casamento e lar (2)
Casamento e lar (3)
Casamento e lar (4)
Casamento e lar (5)
Casamento e lar (6)
Casamento e lar (7)
Casamento e lar (8)
Casamento e lar (9)
Casamento e lar (10)
Casamento e lar (11)

Sermões e Estudos

António Oliveira
O verdadeiro curso superior

Sermão proferido por António Oliveira em 19 de janeiro de 2020

Fernando Quental
A importância da espera

Sermão proferido por Fernando Quental em 12 de janeiro de 2020

Dário Botas
Resoluções

Sermão proferido por Dário Botas em 05 de janeiro de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:1 em 15 de janeiro de 2019

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário