Simbologia dos Números (V)

fwgrant.jpg     O Número 5

     Por ocasião da purificação de um leproso (Lv 14:14) e também por ocasião da santificação do sacerdote (Lv 8:24), o sangue tinha que ser aplicado a três partes do corpo humano — à ponta da orelha direita, ao dedo polegar da mão direita e ao dedo polegar do pé direito. Com o ouvido devia ouvir a Palavra de Deus, com a mão fazer a tarefa recebida da parte de Deus e com o pé andar os caminhos prescritos por Deus. É essa toda a esfera de responsabilidade humana.
 
     Cada uma dessas partes do corpo está ligada ao número 5. O ouvido tem a ver com os 5 sentidos, que permitem ao ser humano ter contato com o ambiente em que vive. Os sentidos são a “porta” para a capacidade de percepção. A mão é a parte do corpo que serve para formar e moldar o seu ambiente. Ela expressa o poder actuante. É justamente o polegar que é santificado, porque ele é a parte predominante da mão; ele é a contraparte dos 5 dedos — em si, estes últimos são figura de fraqueza.

     De uma forma semelhante, as duas mãos auxiliam-se mutuamente. As duas mãos em seu conjunto têm 10 dedos, o número dos 10 mandamentos distribuídos nas duas tábuas da Lei. Eles mostram-nos a medida da responsabilidade natural. O pé, igualmente repartido em 5 mais 5 dedos, é a expressão figurativa do andar pessoal. Os pés possuem igualmente 10 dedos. Portanto, o número 5 é o número do ser humano, provado tendo em vista a sua responsabilidade sob o governo de Deus.

     A divisão comum do número 7 na Bíblia (4 + 3), ensina-nos a dividir o número 5 em 4 + 1 — a criatura (4) debaixo do domínio de Deus (1). Quando o ser humano decaído faz a tentativa de aproximar-se de Deus, então há de experimentar que, nesse caminho, o trono de Deus está envolto em nuvens e trevas (Ex 19:16-19). O número 5 tem sempre a conotação de responsabilidade, mas também embute o pensamento muito similar que os caminhos de Deus sempre levam ao alvo por Ele previsto. O livro do Deuteronómio (o quinto livro de Moisés) é um exemplo único e singular disso.

     O pensamento preponderante embutido nesse número é a criatura em relação ao Criador Todo-poderoso.

 

F. W. Grant    

Simbologia dos Números (I)
Simbologia dos Números (II)
Simbologia dos Números (III)
Simbologia dos Números (IV)
Simbologia dos Números (V)
Simbologia dos Números (VI)
Simbologia dos Números (VII)
Simbologia dos Números (VIII)
Simbologia dos Números (IX)
Simbologia dos Números (X)
Simbologia dos Números (XI)
Simbologia dos Números (XII)
Simbologia dos Números (XIII)
Simbologia dos Números (XIV)
Simbologia dos Números (XV)
Simbologia dos Números (XVI)

  

Sermões e Estudos

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Carlos Oliveira
O peso do pecado

Tema abordado por Carlos Oliveira em 17 de setembro de 2021

Dário Botas
Qual a tua motivação (Parte II)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 15 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário