Salvo de quê?

fogo inferno

 

     A Bíblia fala de salvação e de pessoas serem salvas. Mas o que significa isso? De que somos salvos? Salvos e salvação são palavras que falam de libertação ou resgate, e a pergunta natural deve ser: salvo de quê?

     Quando a Bíblia fala sobre ser-se salvo, está a falar de salvação do Inferno, de uma eternidade de sofrimento consciente e tormento no Lago de Fogo. Deus deseja salvá-lo do Inferno, do eterno Lago de Fogo. A mensagem das Escrituras é que a salvação é um resgate, um resgate de um lugar real chamado Inferno.

     É importante que nos lembremos disto ao pensarmos nos perdidos e incrédulos, e na nossa gratidão, tendo consciência dos horrores de que fomos salvos. A melhor forma de podermos manifestar amor e preocupação pelos outros é comunicarmos-lhes o Evangelho. Estaremos a procurar satisfazer a sua maior necessidade, e a avisá-los e a mostrar-lhes Aquele que quer resgatá-los do fogo eterno do Inferno, se tão simplesmente eles crerem no Evangelho.

Ler mais: Salvo de quê?

Mentiras Contemporâneas do Diabo

William MacDonald
 
     Os Cristãos vivem agora num mundo em que estão a ser constantemente bombardeados com as ideias mais doidas, bizarras e anti-bíblicas que a malévola mente humana alguma vez intentou. Os advogados destes ventos de doutrina absurdos têm-se tornado tão vocais e estridentes que a voz da verdade parece comparativamente um simples pio.

     Estes ventos de doutrina malévolos têm ganho velocidade tal, que se têm convertido em autênticos tornados Texanos. Os ingénuos são mais facilmente levados ao ouvirem as mais grotescas aberrações que são advogadas por psicólogos, sociólogos, clérigos, e outros “peritos”. Mesmo para Cristãos sóbrios é difícil não ser afectado por todo o pensamento pervertido que grassa nos media. A nossa única segurança é permanecermos chegados ao Senhor, verificando tudo pela Palavra de Deus. Volvamo-nos agora para alguns exemplos específicos.

Ler mais: Mentiras Contemporâneas do Diabo

O perdão recusado

SupremoEUA

 

     No ano de 1829, George Wilson, um homem de Filadélfia, foi julgado pelos crimes de homicídio e roubo de malas postais dos Estados Unidos da América. Constatada a sua culpa, foi condenado à forca. Os amigos obtiveram do presidente Jackson o seu perdão, porém Wilson recusou-se a aceitá-lo! O governador hesitou em dar cumprimento à sentença. Como poderia mandar enforcar um perdoado?

Ler mais: O perdão recusado

Sermões e Estudos

José Carvalho
Influenciados

Sermão proferido por José Carvalho em 14 de julho de 2019

David Gomes
Escapando de Emaús

Sermão proferido por David Gomes em 07 de julho de 2019

Carlos Oliveira
Maldição hereditária

Sermão proferido por Carlos Oliveira em 30 de junho de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:18 em 10 de julho de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário