Dia do Corpo de Deus

corpodeDEus

 

     Sessenta dias depois da Páscoa, a Igreja Católica celebra a solenidade do Corpo de Deus. Ocorre a uma quinta-feira, para lembrar a Última Ceia que teria ocorrido na chamada Quinta-Feira Santa.

     Por todo o mundo, os Católicos participam na Eucaristia, na procissão do Corpo de Deus e fazem adoração do Santíssimo. Estes rituais acontecem há mais de 700 anos. Esta celebração iniciou por causa das supostas visões de uma freira a quem Deus terá aparecido e demonstrado o desejo de comemoração da Eucaristia. A partir daí, a data foi oficialmente instituída pelo Papa Urbano IV em 1264. Aos poucos, outras cidades europeias adotaram a celebração.

Ler mais: Dia do Corpo de Deus

Cristianismo Bíblico versus Catolicismo

Pense Bíblia
 
     Cristãos bíblicos genuínos e Católicos partilham várias crenças em comum, incluindo as verdades da Trindade, da deidade de Cristo, da Sua impecabilidade, da Sua morte na cruz pelo pecado do homem e da Sua ressurreição dos mortos e ascensão ao céu. Quando falamos com Católicos não temos de os convencer para crer em Deus, Jesus Cristo ou na Bíblia.

Ler mais: Cristianismo Bíblico versus Catolicismo

Porque as rezas pelos mortos não fazem sentido

 finados

 

     O Dia de Finados, ou dos Mortos, é celebrado pelos católicos no dia 02 de novembro por uma determinação humana do Vaticano no século XIII. No entanto, a tradição da reza pelos mortos começou quatro séculos antes, quando o chamado Santo Odilon, abade do mosteiro Beneditino de Cluny, em França, determinou que os monges rezassem por todos os mortos, religiosos ou incrédulos, conhecidos e desconhecidos, de todos os lugares, em todos os tempos.

     Em Portugal é costume rezar pelos mortos e fazer-se visitas aos seus túmulos, decorando-os com flores e velas.

     Na tradição Católica, essa prática é justificada por um texto do livro II Macabeus. Este livro é considerado apócrifo tanto pela tradição Protestante, como também pela tradição Judaica, a quem Deus deu em primeira mão a Sua Palavra (Romanos 3:1,2). Diz o Livro apócrifo de Macabeus:

Ler mais: Porque as rezas pelos mortos não fazem sentido

Um verdadeiro Católico

paul sadler

     Na Catholic Encyclopedia (Enciclopédia Católica), a explicação do termo "Católico", tem a seguinte definição: "A palavra Católico (katholikos de katholou – o conjunto todo, isto é, universal) ocorre nos clássicos gregos ..." Nós concordamos que o termo católico significa simplesmente "universal" ". Na igreja primitiva, a terminologia Igreja Católica era usada pelos cristãos para distinguir a verdadeira Igreja dos que defendiam os ensinamentos heréticos do gnosticismo e do panteísmo. A verdadeira Igreja é composta por todos aqueles, independentemente da sua raça, género, denominação ou outra filiação religiosa, que colocam a sua fé na obra consumada de Cristo (Efésios 1:12,13), que morreu pelos seus pecados, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia (I Cor 15:1-4). De acordo com a Palavra de Deus, a verdadeira Igreja é chamada de Corpo de Cristo (Ef 1:22,23, Col. 1:18).

Ler mais: Um verdadeiro Católico

Sermões e Estudos

Fernando Quental
Como o Senhor transforma

Sermão proferido por Fernando Quental em 08 de dezembro de 2019

José Carvalho
Clamei a Deus

Sermão proferido por José Carvalho em 01 de dezembro de 2019

Dário Botas
Moisés e Paulo

Sermão proferido por Dário Botas em 24 de novembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:1 em 11 de dezembro de 2019

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário