A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (16)

Educar bem as crianças é educá-las biblicamente

     

Objeções Respondidas (continuação)

     

     6. “Mas existem maneiras mais eficazes de se punir crianças do que através do açoite”, dizem algumas pessoas. Em resposta, admitirei que há momentos em que outras punições parecem necessárias. Sem dúvida, a criança que espalha as coisas no chão deve apanhá-las, e se a Sally puxar o cabelo da boneca da Mary, pode ser que ela tenha que ser impedida de brincar com a sua própria boneca como troca. O garoto que não se porta bem durante a semana deve ser impedido de ir ao piquenique no sábado. Direi que, por vezes, o castigo deve estar diretamente relacionado com a infração, e outras punições devem ser dadas para além do açoitar.

     Porém, o facto é que o açoite tem um lugar que nada mais pode substituir na educação dos filhos.

     Por um lado, o açoite é claramente mandado na Bíblia. A Bíblia nunca manda que os pais façam com que os seus filhos fiquem no canto, ou que saiam da mesa, ou que vão para a cama mais cedo, ou que fiquem em casa quando os outros miúdos jogam à bola. O maior argumento para o açoite das crianças é o mandamento que a Bíblia claramente dá. E para um Cristão que crê que a Bíblia é a Palavra de Deus, não há resposta para esse argumento.

     Todavia há boas razões que suportam o plano de Deus, como é verdade em todos os casos. Por um lado, o açoitar resolve o problema rápida e definitivamente e pode levar a criança ao arrependimento e confissão simultaneamente. Suponha que uma criança tenha que ficar de castigo em casa depois da escola durante uma semana. Nenhum professor saberá com certeza se o miúdo se arrependeu ao fim de uma semana, sinceramente arrependido dos pecados, e passou a estar decidido a fazer melhor. Mas um bom e sólido açoite poderá continuar até a vontade da criança ser completamente subjugada e até a criança arrependida prometer fazer melhor. Afinal, nenhum castigo fará algum bem se não afetar a vontade rebelde da criança. E punições adicionais não são necessárias, creio, depois de haver uma profunda decisão dela fazer o que é correto e no seu coração ofensor houver um genuíno arrependimento do pecado cometido. Como Provérbios 20:30 diz: “Os vergões das feridas são a purificação dos maus, como também as pancadas que penetram até o mais íntimo do ventre”. As pancadas fazem algo pela natureza rebelde e decaída de uma criança que outras formas de punição não conseguem, como revelam as Escrituras e prova a experiência.

     Se a pequena Sally puxou o cabelo da cabeça da boneca da Mary, retirar-lhe a sua própria boneca poderá deixá-la apenas mais ressentida, mais determinada a vingar-se de alguma outra maneira. Um valente açoite no momento, com a exigência das devidas desculpas apropriadas e um genuíno plano de restituição, se a situação o exigir, seria muito mais provável de consertar o que estava errado no coração da Sally para a ter levado a querer arrancar os cabelos da boneca da Mary. Podemos seguir com segurança os mandamentos claros da Bíblia e saber que estamos no caminho certo.

- John Rice
The Home (O Lar)
(FIM)

A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (1)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (2)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (3)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (4)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (5)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (6)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (7)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (8)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (9)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (10)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (11)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (12)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (13)
A correção e disciplina dos filhos como a Bíblia ensina (14)

Sermões e Estudos

Fernando Quental
Como o Senhor transforma

Sermão proferido por Fernando Quental em 08 de dezembro de 2019

José Carvalho
Clamei a Deus

Sermão proferido por José Carvalho em 01 de dezembro de 2019

Dário Botas
Moisés e Paulo

Sermão proferido por Dário Botas em 24 de novembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:23 em 04 de dezembro de 2019

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário