A secularização da Igreja

Albert Mohler

     A secularização é o processo pelo qual uma sociedade se torna cada vez mais distante das suas raízes Cristãs. Embora a teoria sociológica formal seja mais complicada que isso, a essência da secularização é o facto de que essa cultura já não depende de símbolos, da moral, de princípios ou práticas Cristãs. Enquanto que a maior parte do mundo é decididamente não secular, uma grande parte da Europa é permissivamente secular – incluindo a Grã-Bretanha.

Ler mais: A secularização da Igreja

A perseverança dos santos

martin_lloyd_jones.jpg     A questão final com que nos defrontamos é: o que é que impede este ou aquele Cristão de cair e perder-se? Se não for o que temos dito aqui, isto é, que somos “chamados segundo o Seu propósito” e que, porque é Seu propósito, Ele próprio nos impede de cair, bem, então, que será que nos guarda e nos impede de cair? Consideremos a situação daqueles que acreditam ser possível um Cristão regenerado, nascido de novo, ir definitivamente para a perdição, cair e perder a posição de estar “em Cristo”.

     O que tais pessoas acreditam é que há dois tipos de Cristãos: um deles se manterá seguro à verdade e à fé, e finalmente chegará à glória; o outro não consegue manter-se seguro, por um motivo ou outro, cai, e vai para a perdição. Elas explicam a diferença entre estes dois Cristãos asseverando que um teve vontade e desejo de manter-se seguro, e que o outro não teve essa vontade e esse desejo. A diferença é determinada inteiramente pela vontade, pelo desejo e pela determinação pessoal do Cristão particular. Sobre esse pressuposto, esta é a única conclusão a que se pode chegar.

Ler mais: A perseverança dos santos

Bandeiras a ostentar

C. R. Stam
 
 
     Se há uma coisa que Deus gostaria que o Seu povo fizesse no meio da apostasia que se tem levantado nos nossos dias é que revele as suas cores. Quando o inimigo surge como um dilúvio, até os Cristãos, que creem na Bíblia, são propensos a esconder uma bandeira que deveriam desfraldar e ousadamente ostentar. Essa bandeira é Cristo. Quantos crentes temem falar d’Ele devido ao Seu nome estar cada vez mais a ser desprezado!

     Mas, como em qualquer guerra de qualquer tamanho, em que muitas e variadas bandeiras são levadas para a batalha, o mesmo acontece no conflito Cristão, pois a Bíblia, a vida piedosa, camaradas fiéis, etc., são tudo bandeiras que devemos erguer, estandartes que devemos ostentar.
 

Ler mais: Bandeiras a ostentar

Sermões e Estudos

José Carvalho
Abigail

Tema abordado por José Carvalho em 20 de junho de 2021

Carlos Oliveira
A tragédia da imoralidade

Tema abordado por Carlos Oliveira em 18 de junho de 2021

Fernando Quental
O primeiro de muitos dias

Tema abordado por Fernando Quental em 13 de junho de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:24,25 em 23 de junho de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário