Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (IV)

A rebeldia é passível de disciplina


     No Velho Testamento vemos Eli, Samuel, David, pais de família que condenaram os seus filhos à lepra espiritual por não os confrontarem, corrigirem e disciplinarem.

     “Que fosse tirado do vosso meio . . .” Como devia ser tratado esse pecado aberto, público?

     Vss. 2b-4 mostram o caminho da disciplina. Parece muito duro, abrupto e até mesmo precipitado. Por que Paulo não aconselhou 3 visitas a casa do ofensor? Por que não seguiu os passos de Mt 18? Por que não “apaparicou” o pecador para ver se voltava à igreja? A Bíblia não diz que não devemos julgar nosso irmão?

Ler mais: Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (IV)

Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (V)

A rebeldia é passível de disciplina


     Em 1 Co 5 Paulo lida com um pecado que envolveu o nome de TODA a igreja, um pecado suficientemente grave, em que o pecador não se arrependeu. Paulo pula todos os passos de Mt 18 e vai diretamente para o único passo que, nesta altura, seria capaz de restaurar o ofensor e o nome da igreja! Parece ser o caso quando se trata de pecado aberto, claramente conhecido como pecado, como no caso de imoralidade.

     (11) Alguns exemplos de pecados que merecem esse tipo de tratamento estão listados no vs. 11: impureza (sexual), avareza (falta de ética nos negócios), idolatria, maledicência, beberrice, roubo. Entendemos esse princípio na prática se não na teoria. Imagine um pai chamando o seu filho à parte e dizer-lhe, “Filho, sei que nunca te disse. Mas arrancares todo o cabelo da sua irmã não é coisa boa. Agora quero que te sentes nesta cadeira por 5 minutos, refletindo na vida.”

Ler mais: Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (V)

Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (VII)

A rebeldia é passível de disciplina


     B. A Saúde (Purificação) da Igreja (6-8)

     A disciplina também visa purificar a igreja e proteger os próprios membros da contaminação do pecado.

     A lepra era (e é) uma doença contagiosa. Por isso, nos tempos bíblicos, a pessoa leprosa ficava afastada dos outros. Mas, não é uma doença facilmente contraída. Exige contacto prolongado e íntimo com a pessoa infecionada. Creio que é por isso que Paulo exige que o pecado seja tirado do meio dos irmãos, para não contagiá-los.

Ler mais: Disciplina Bíblica na Igreja - Princípios (VII)

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 15OUT21
O maior filantropo

Tema abordado por Carlos Oliveira em 15 de outubro de 2021

Dario Botas 10OUT21
Qual a tua motivação? (Parte III)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de outubro de 2021

Carlos Oliveira 08OUT21
A violência

Tema abordado por Carlos Oliveira em 08 de outubro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3,4 em 13 de outubro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário