Aos negacionistas da divindade do Senhor Jesus Cristo, que pregam “outro Jesus”

 

23 Versículos que provam a Unicidade de Deus - Reflexões Cristãs - Estudos  e Mensagens Bíblicas 

 

     O Apóstolo Paulo não disse apenas para não se pregar “outro Evangelho”. Ele também disse para não se pregar “outro Jesus”. Leiamos com atenção os seguintes dois textos:

     Gálatas 1:6-9 
     6. Maravilho-me de que, tão depressa, passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo, para outro Evangelho; 7. O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o Evangelho de Cristo. 8. Mas, ainda que nós mesmos, ou um anjo do céu, vos anuncie outro Evangelho, além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. 9. Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo, também, vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro Evangelho, além do que já recebestes, seja anátema. 

     2 Coríntios 11:2-4 
     2. Porque estou zeloso de vós, com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um Marido, a saber, a Cristo. 3. Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva, com a sua astúcia, assim, também, sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo. 4. Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus, que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito, que não recebestes, ou outro Evangelho, que não abraçastes, com razão o sofrereis

     Quem que é o “outro Jesus de que Paulo fala? É o Jesus deturpado, adulterado, mutilado, que, por exemplo, não é tido como Deus, o único Deus vivo e verdadeiro. O Jesus que alguns apresentam como não sendo Deus, o verdadeiro e único Deus, é um falso Jesus; não é o Jesus das Escrituras; não é o Jesus da Bíblia; não é o Jesus da Palavra de Deus. É um Jesus desdivinizado, desfigurado, modificado, despersonalizado, falsificado.

 

O Jesus que o Apóstolo Paulo prega é Deus, o grande Deus, o único Deus

     Tito 2:11-15
     11. Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, 12. Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos, neste presente século, sóbria, e justa, e piamente, 13. Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo; 14. O Qual Se deu a Si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniquidade, e purificar, para Si, um povo Seu, especial, zeloso de boas obras. 15. Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze. 

 

Paulo apresenta o Senhor Jesus Cristo como o Deus criador de Génesis 1:1:

     Colossenses 1:16
     Porque n’Ele [Cristo] foram criadas todas as coisas que há, nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades: tudo foi criado por Ele [Cristo] e para Ele . (Ver 1 Cor. 8:6 e comp. Isaías 44:24).

     Génesis 1:1
     No princípio, criou Deus os céus e a terra.

     O Apóstolo João confirma-o, ao escrever:

     João 1:1-14
     No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

     Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez.

     E o Verbo Se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a Sua glória, COMO a glória do unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.

     Comentário: Estes textos mostram claramente que o Criador é Deus e que Jesus é o Criador, nada havendo que não tivesse sido criado por Ele. Portanto, como é óbvio, Jesus é Deus.

 

Há quem tenha dificuldade em ver na humanidade do Senhor Jesus Cristo a Sua divindade, porém Paulo não, pois disse:

     Romanos 9:5 
     Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente: Ámen.

     Colossenses 2:9 - ARC
     Porque n’Ele [CRisto] habita, corporalmente, toda a plenitude da divindade.

      Mas não foi só Paulo que revelou este facto. O profeta Zacarias também. Notemos:

     Zacarias 12:10
     E sobre a casa de David, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para Mim, a Quem traspassaram; e o prantearão, como quem pranteia por um unigénito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogénito. 

     Comentário: Notemos que é Yahweh que está a falar aqui, como comprovam os versículos anteriores (vers. 1,4). Ora, como sabemos, Jesus é Quem foi traspassado, pelo que Jesus é Yahweh.

     O Apóstolo João foi quem mais sentiu a humanidade do Senhor Jesus Cristo, pois inclinou-se “sobre o peito de Jesus” (João 13:25), e ainda assim reconheceu n’Ele a plenitude da divindade. Notemos a força da sua declaração: 

     João 5:20 
     E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, no Seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna. 

     Foi o mesmo apóstolo João que registou a confissão memorável de Tomé, diante das marcas da crucificação que o Senhor trazia consigo no Seu corpo, após a Sua ressurreição:

     João 20:28
     Tomé respondeu, e disse-Lhe [a Jesus]: Senhor meu, e Deus meu. 

     O meu Deus é o Deus de Tomé. E o teu?

     É não perdendo esta verdade de vista que Paulo escreve a Timóteo:

     1 Timóteo 3:15-16
     15. Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade. 16. E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que Se manifestou em carne, foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, e recebido acima na glória. 

 

Quem é Deus de Quem

     Muitos gostam de citar o Senhor Jesus Cristo a chamar de Deus ao Pai:

     João 20:17 - ARC
     Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai: mas vai para os meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.

     Porém “esquecem-se” de citar o Pai a chamar de Deus a Jesus:

     Hebreus 1:8
     Mas, do Filho, [o Pai] diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos, cetro de equidade é o cetro do teu reino.

     Esquecem-se que Jesus e o Pai são UM:

     João 10:30 
     Eu e o Pai somos um

     Esquecem-se do que Jesus disse a Filipe que quem O via a Ele, via o Pai:

     João 14:8-9
     Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não Me tendes conhecido, Filipe? quem Me vê a mim vê o Pai: e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? 

     Esquecem-se que o Senhor Jesus Cristo é o Deus Forte e o Pai da Eternidade, como afirmou claramente Isaías:

     Isaías 9:6
     Porque um Menino nos nasceu, um Filho se nos deu; e o principado está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade, Príncipe da paz. 

     Como Isaías profetizou, o anjo do Senhor confirmou, e Mateus registou, lemos:

     Mateus 1:23
     Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho [Jesus] e chamá-Lo-ão pelo nome de Emanuel, que traduzido é: Deus connosco.  (Cf. Isaías 7:14).

 

Jesus é realmente Yahweh

     Uma das indicações mais claras que mostram que Paulo entendia que Jesus é Yahweh está no seu uso de passagens monoteístas do Antigo Testamento, que se referiam exclusivamente a Yahweh, aplicando-as ao Senhor Jesus Cristo (Romanos 10:13 cf. Joel 2:32; 1 Coríntios 1.31, cf. Jr 9.24; 1Co 2.16; cf. Is 40.13; 1Co 10.26; cf. Sl 24.1; 2Co 10.17; cf. Jer. 9:24; Isaías 45:23; e Rom. 14:11 cf. Fil. 2:10  …),  para citar apenas alguns exemplos. 1 Coríntios 2:16, por exemplo, alude a Isaías 40:13 que está no contexto de algumas das declarações monoteístas mais explícitas de todo o Antigo Testamento (cf. Isaías 40:3-28; 43:10; 44:6 ,8; 45:5).

     Mas vejamos os versículos acima citados em detalhe:

 

     A. Romanos 10:13 cf. Joel 2:32

     Romanos 10:13, “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.”

     Joel 2:32, “E há de ser que, todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo; porque, no monte de Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como o Senhor tem dito, e nos restantes, que o Senhor chamar.”

     Comentário: A referência ao SENHOR aqui é a Javé. No entanto, Paulo pega na referência do Senhor em Joel 2:32 e aplica-a a Jesus em Romanos 10:13. A palavra grega "Kurios", equivale à hebraica Yahweh. Então, em Joel 2:32 e Romanos 10:13 vemos que: Jesus é o mesmo que Kurios, e o mesmo que Yahweh.

 

     B. 1 Coríntios 1.31 cf. Jeremias 9:24

     1 Coríntios 1:31, “Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor.”

     Jeremias 9:24, “'Mas, o que se gloriar glorie-se nisto: em Me conhecer e saber que Eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas Me agrado, diz o Senhor”.

     Comentário: O Senhor em 1 Coríntios 1:31 é uma referência a Jesus, enquanto a citação é uma referência a Yahweh.

 

     C. 1 Coríntios 2.16 cf. Isaías 40:13

     1 Coríntios 2:16, “Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-Lo? Mas nós temos a mente de Cristo.”

     Isaías 40:13, Quem guiou o Espírito do Senhor? e que conselheiro O ensinou?”

     Comentário: O Senhor no contexto de 1 Coríntios 2 é Jesus, enquanto o Senhor em Isaías 40:13 é Yahweh.

 

     D. 1 Coríntios 10:26; cf. Salmo 24:1

     1 Coríntios 10:26, "Porque a terra é do Senhor, e toda a sua plenitude."

     Salmo 24:1, Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam"

     Comentário: O Senhor no contexto de 1 Coríntios 10 é Jesus, enquanto o Senhor no Salmo 24:1 é Yahweh.

 

     E. 2 Coríntios 10:17 cf. Jeremias 9:24

     2 Coríntios 10:17,Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor.”

     Jeremias 9:24, “Mas, o que se gloriar glorie-se nisto: em Me conhecer e saber que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas Me agrado, diz o Senhor.”

     Comentário: O Senhor no contexto de 2 Coríntios 10 é Jesus, enquanto o Senhor em Jeremias 9:24 é Yahweh.

 

     F. Isaías 45:23 e Rom. 14:11 cf. Fil. 2:10

     Notemos diante de Quem todo o joelho se dobrará;

     Isaías 45:23, Por Mim mesmo, tenho jurado; saiu da Minha boca a palavra de justiça, e não tornará atrás: que diante de Mim se dobrará todo o joelho, e por Mim jurará toda a língua. 

     Romanos 14:11, Porque está escrito: Pela Minha vida, diz o Senhor: que todo o joelho se dobrará diante de Mim, e toda a língua confessará a Deus. 

     Filipenses 2:10, Para que, ao nome de Jesus, se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. 

     Comentário: Será preciso comentar? Todo o joelho se dobrará diante de Yahweh, ou seja, do Senhor Jesus Cristo.

 

Notemos agora a Quem são dadas ações de graças nas epístolas de Paulo:

     1 Tessalonicenses 3:9
     Porque, que ação de graças poderemos dar a Deus por vós, por todo o gozo com que nos regozijamos por vossa causa diante do nosso Deus. 

     1 Timóteo 1:12 
     E dou graças Ao que me tem confortado, a Cristo Jesus, Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério. 

     Comentário: A ação de graças só tem um destinatário único: Jesus, que é Deus.

 

Como chama Paulo o Evangelho da graça? Ele chama-o intermitentemente Evangelho de Cristo, como igualmente Evangelho de Deus.

     Evangelho de Cristo: Romanos 1:16; 15:19, 29; Gálatas 1:7, 1 Coríntios 9:12,18; 2 Cor. 2:12; 4:4; 9:13; 10:14; Filipenses 1:27; 1 Tessalonicenses 3:2; 2 Tessalonicenses 1:8
     Evangelho de Deus: Romanos. 1:1; 15:16; 2 Coríntios 11:7; 1 Tessalonicenses 2:2,8,9

 

De quem é a graça? Esta é só uma e só vem de uma única fonte: de Cristo, ou seja de Deus.

     Graça recebida de Cristo - Romanos 1:4,5; 16:20,24

     Graça recebida de Deus - Romanos 15:15; 3:23,24

     Graça de Cristo - 1 Coríntios 16:23; 2 Coríntios 8:9; 12:9; 13:13; Gálatas 1:6; 6:18; Efésios 1:7; Filipenses 4:23; 1 Tessalonicenses 5:28; 2 Tessalonicenses 1:12; 3:18; 1 Timóteo 1:12.14; 2 Timóteo 1:9; 2:1; Tito 3:6,7; Filemon 1:25

     Graça de Deus - Romanos 5:15; 1 Coríntios 1:4; 3:10; 15:10; 2 Coríntios 1:12; 6:1; 8:1; 9:14; Gálatas 1:15; 2:21; Efésios 1:6; 2:7,8; 3:2,7; Colossenses 1:6; 2 Tessalonicenses 1:12; Tito 2:11; Hebreus 2:9; 12:15

 

Quem revelou o Evangelho a Paulo?.

     Deus revelou o Evangelho a Paulo

     Gálatas 1:15-16
     “Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela Sua graça, revelar Seu Filho em mim, para que O pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o sangue”

     Jesus revelou o Evangelho a Paulo

     Gálatas 1:11-12
     “Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho, que por mim foi anunciado, não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi, de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.”

     Comentário: Quem revelou o Evangelho a Paulo foi Jesus, ou seja, Deus.

 

Quem é o Salvador?

     Deus é o Salvador

     “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa”, 1 Timóteo 1:1

     “Porque isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade”, 1 Timóteo 2:3-4

     “Porque para isto trabalhamos e lutamos, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis”, 1 Timóteo 4:10

     “Mas a seu tempo manifestou a sua palavra, pela pregação que me foi confiada, segundo o mandamento de Deus, nosso Salvador, Tito 1:3

     “Não defraudando, antes mostrando toda a boa lealdade, para que, em tudo, sejam ornamento da doutrina de Deus, nosso Salvador”, Tito 2:10

     “Mas, quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou, pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo”, Tito 3:4-5.

     Jesus é o Salvador 

     Sim, Ele próprio é o Salvador.

     “Porque o marido é a cabeça da mulher, como, também, Cristo é a cabeça da igreja, sendo Ele próprio o Salvador do corpo”, Efésios 5:23

     “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Filipenses 3:20-21

     “E que é manifesta agora, pela aparição do nosso Salvador, Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo Evangelho”, 2 Timóteo 1:8-11

     “A Tito, meu verdadeiro filho, segundo a fé comum, graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador!”, Tito 1:4

     “Que abundantemente Ele derramou sobre nós, por Jesus Cristo, nosso Salvador, Tito 3:6

     Comentário: Só há um Salvador - Jesus, que é Deus. Aliás, o profeta Oseias foi muito claro, quando disse: “Todavia, Eu sou o Senhor, teu Deus, desde a terra do Egito; portanto, não reconhecerás outro Deus além de Mim, porque não há Salvador, senão Eu (Oseias 13:4). Se não há outro Salvador, senão Yahweh, quem é o Salvador Jesus Cristo, senão Yahweh?

     Tito 3:4-6 apresenta Jesus Cristo e Deus como único Salvador, numa única passagem. Notemos:
     Mas, quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, 5. Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a Sua misericórdia, nos salvou, pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, 6. Que abundantemente Ele derramou sobre nós, por Jesus Cristo, nosso Salvador 

     E se ainda dúvidas houvesse, o Apóstolo Pedro dissipa-as, quando diz sintetizando de forma categórica:

     2 Pedro 1:1
     Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que connosco alcançaram fé igualmente preciosa, pela justiça do nosso Deus e Salvador, Jesus Cristo.

 

A Bíblia diz que há um só Senhor (Efé. 4:5; 1 Cor. 8:6)

     Efésios 4:4-5
     Há … Um só Senhor …

     1 Coríntios 8:6
     Todavia, para nós, um só Deus, o Pai, de quem é tudo, e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por Ele.

     Comentário: “Há um só Deus", dizem os negacionistas, e quem é Ele? “O Pai”, dizem! Portanto, dizem eles, Jesus não é Deus. Entretanto, existe uma brecha na sua linha de pensamento errada. Não a podem ignorar. A mesma linha de raciocínio que eles usam deve ser aplicada ao resto do versículo; têm que ser coerentes. E se o fizerem verão como o seu raciocínio é falacioso. Essa sua linha de pensamento, para serem coerentes, terá que dizer “há … um só Senhor”. E quem é Ele? “Jesus Cristo”! Então, se seguíssemos essa mesma linha de pensamento falacioso teríamos que dizer, pela mesma razão, que o Pai não é Senhor. Os negacionistas não podem fazer com que a primeira metade do versículo exclua Jesus como Deus, sem fazerem com que a segunda metade exclua o Pai como Senhor. Porém, os negacionistas sabem bem que o Pai é Senhor, como deveriam saber, pelo mesmo princípio, que Jesus é Deus.

 

Quem está sobre todos e é tudo em todos

     Deus está sobre todos e é tudo em em todos

     “E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, também, o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo, em todos”, 1 Coríntios 15:28

     “Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos, e em todos”, Efésios 4: 6

     Jesus está sobre todos e é tudo em em todos

     “Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente: Ámen.”, Romanos 9: 5

     “Onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, em todos”, Colossenses 3:11

     Comentário: É evidente que Cristo é Deus, tal é o “decalque”.

 

A quem pertencem as igrejas? 

     “Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus, 1 Coríntios 11:16

     “Saudai-vos uns aos outros com santo ósculo. As igrejas de Cristo vos saúdam”, Romanos 16:16

     Comentário: Ao pertencerem a Cristo, as igrejas pertencem a Deus, pois Cristo é Deus.

 

     Só Deus pode e deve ser adorado

     Até os anjos adoram o Senhor Jesus Cristo:

     Hebreus 1:6
     E, outra vez, quando introduz no mundo o Primogénito, diz: E todos os anjos de Deus O adorem

     Mateus 4:10,11
     Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a Ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos e O serviram.

      Por várias vezes o Senhor foi adorado também pelos homens, quando esteve aqui na Terra, nunca recusando a adoração, até mesmo quando era ainda Menino:

     Mateus 2:11
     E, entrando na casa, acharam o Menino com Maria, Sua mãe e, prostrando-se, O adoraram; e, abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra. 

     Mateus 14:33
     Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-No, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus. 

     Mateus 28:9
     E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e O adoraram

      O apóstolo Pedro, por exemplo, recusou a adoração que Cornélio lhe prestou, porque ao contrário do Senhor Jesus Cristo, ele era meramente “homem” e não Deus.

     Atos 10:25-26 
     E aconteceu que, entrando Pedro, saiu Cornélio a recebê-lo, e, prostrando-se aos seus pés, O adorou. 26. Mas Pedro o levantou, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem. 

      Um anjo também recusou a adoração de João, dizendo-lhe, obviamente, que ele deveria adorar a Deus, pois só Deus é digno de adoração.

      Apocalipse 22:8-9
     8. E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo- as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar. 9. E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. 

     Comentario: Jesus foi adorado e recebeu a adoração, nunca a recusando, exatamente por ser Deus.

 

     Todos os exemplos anteriores - há muitos mais - são explícitos e inequívocos no seu testemunho sobre o que os Cristãos da Bíblia criam sobre Cristo. Os dados anteriores fornecem ampla prova de que o santo apóstolo do Senhor Jesus ressuscitado, Paulo, e as igrejas, criam na divindade absoluta de Cristo. Estes textos das Escrituras testificam que as igrejas bíblicas pensavam no Senhor Jesus Cristo da mesma forma que pensavam em Deus. As testemunhas oculares de Jesus e aqueles que os seguiram criam claramente que Cristo e o Pai são realmente um, como diz bem a Palavra de Deus.

     E não é preciso ir, aqui, ao resto das Escrituras para vermos muitas mais provas esmagadoras de que o Senhor Jesus  Cristo é Deus. Esperamos que esta breve exposição, que consideramos um mero aperitivo, crie no leitor apetite pelo estudo bem mais extenso a este respeito que a Palavra de Deus lhe reserva.

     Os negacionistas da divindade do Senhor Jesus Cristo nem se apercebem, além do mais, da contradição em que caiem, quando dizem que o tema das Escrituras, de Génesis a Apocalipse, é Cristo, e depois também dizem que esta Palavra, a Bíblia, é a Palavra de Deus. Que grande e gritante incoerência a sua! Mas a sua incoerência e contradição não se ficam apenas neste aspeto. Por exemplo, estes negacionistas reconhecem que o Senhor Jesus Cristo era homem, pois leem nas Escrituras que Ele é “o Filho do Homem”, mas quando nas mesmas escrituras leem que Ele é “o Filho de Deus”, já não querem ver que Ele é Deus - exatamente pelo mesmo raciocínio. Que Deus tenha deles misericórdia.

     Os negacionistas, ao negarem a divindade do Senhor Jesus Cristo classificam-se como não-Cristãos, tornando-se numa seita à semelhança das falsamente chamadas Testemunhas de Jeová, que procedem exatamente do mesmo modo.

     Ninguém pregue “outro Jesus”, pois se o fizer, leia bem o texto colocado no ínício - 2 Coríntios 11:2-4 -, receberá outro espírito, abracará outro Evangelho, e com razão sofrerá.

     Quem não tem Jesus por Deus, não tem Jesus; tem “outro Jesus”, ou seja, nada. Só Jesus, que é Deus, é tudo (Col. 3:11).

- C.M.O.

Artigos relacionados:

 

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 03DEZ21
O mais forte

Tema abordado por Carlos Oliveira em 03 de dezembro de 2021

Carlos Oliveira 28NOV21
O melhor está para vir (5) IQC

Tema abordado por Carlos Oliveira em 28 de novembro de 2021

Carlos Oliveira 26NOV21
Inseguramente seguro

Tema abordado por Carlos Oliveira em 26 de novembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:5 em 01 de dezembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário