Deixa a liberdade retinir

 

Seção Inferior Do Homem Contra O Céu

 

     Mas vós sois d'Ele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito, por Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção [ou, liberdade]. -1 Coríntios 1:30

     A Declaração de Independência (EUA) declarou as colónias livres do domínio britânico em 4 de julho de 1776. A liberdade não vem sem preço. Durante a Guerra Revolucionária, a liberdade da nossa nação (EUA) foi paga com o sangue e o sacrifício de homens e mulheres que lutaram pelo seu sonho do que se tornaria os Estados Unidos. As batalhas não foram fáceis e os anos afetaram a nossa jovem nação. No final, o preço foi pago e a liberdade conquistada. Em 1781, o 4 de julho foi designado feriado nacional e, hoje, fogos de artifício, desfiles e piqueniques ainda assinalam essa celebração.

     A mensagem do Evangelho prega uma melodia semelhante. Recebemos liberdade em Cristo. Estamos livres da morte causada pelo pecado. Neste caso, a nossa liberdade também foi garantida com um grande custo. Deus enviou o Seu único Filho para morrer e derramar o Seu sangue por nós. O preço final da liberdade foi pago por meio do sacrifício do Senhor Jesus Cristo na cruz. Embora o custo tenha sido elevado, a morte e a ressurreição do Senhor Jesus Cristo comprou a liberdade de qualquer um que confia n’Ele. Pela fé, tornamo-nos filhos de Deus e co-herdeiros de Cristo. Por meio d’Ele, somos tornados puros, santos e irrepreensíveis; tudo isto, dons que Deus nos dá gratuitamente.

     Contudo, com essa liberdade vem uma tremenda responsabilidade. O presente da liberdade não é uma licença para fazer o que se quer. Em vez disso, é uma chamada para se viver com abnegação e retidão. A liberdade retine quando tu optas por não ceder a todos os teus desejos, mas optas por viver uma vida que honra o Senhor.

     Enquanto aproveita as festividades do dia 4 de julho [ou outra, se não és americano] e celebras a liberdade da nossa [tua] nação, faz uma oração de agradecimento a Deus pela libertação do pecado que Ele te deu e pela vida que Ele te concedeu para viveres já e por toda a eternidade com Ele.

 

APROFUNDANDO:

1. Porque é difícil separares as boas obras do relacionamento salvador com o Senhor Jesus Cristo? Porque é que fazer boas obras geralmente faz mais sentido do que ter fé?
2. Romanos 6:16 diz-nos que somos escravos do pecado ou de uma vida justa. O que significa isso para ti?

 

LEITURA ADICIONAL:

Romanos 6:15-18, 8:1-4; 1 Coríntios 8:9; Efésios 3:11-13; Gálatas 5:1

Por Kelly McFadden

Quanto vales tu?

Pessoa Com Cartão De Débito

 

     Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado. – 1 Pedro 1:18-19

Ler mais: Quanto vales tu?

Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário