Não estou salvo!


Charles H. Spurgeon     "Passou a sega, findou o Verão, e nós não estamos salvos" ( Jeremias 8:20)

     NÃO ESTOU SALVO!

     Caro leitor, esta é a sua triste condição? Mesmo sendo avisado do julgamento por vir e exortado a buscar a salvação, ainda assim, até agora não está salvo? Sabe qual é o caminho da salvação; tem lido sobre isso na Bíblia; ouve pregações a respeito e amigos lhe explicam o assunto. Porém, apesar de tudo, despreza e, portanto, não está salvo.

     Não haverá desculpas para si, quando o Senhor julgar os vivos e os mortos. O Espírito Santo tem abençoado, com maior ou menor intensidade, a Palavra que lhe é pregada; tem trazido, da presença divina, momentos de refrigério. Mesmo assim, encontra-se sem Cristo. Assim como as estações, essas oportunidades de esperança chegaram-lhe e foram-se - o seu Verão e a sua colheita já passaram - e ainda não está salvo.

     Os anos sucedem-se em direcção à eternidade; depressa chegará o último ano da sua vida. A sua juventude passará velozmente; a sua varonilidade está a escoar, e ainda não está salvo.

     Pergunto-lhe: ainda será salvo? Haverá alguma possibilidade disso? Mesmo as ocasiões mais propícias não o levaram à salvação. Será que outras oportunidades alterarão a sua condição? Vários meios já falharam consigo; até mesmo o melhor dos métodos, usado com perseverança e com a maior afeição. O que mais poderá ser feito por si? A aflição e a prosperidade não o impressionam mais; lágrimas, orações e sermões perderam-se no seu coração vazio. Não se esgotaram já as probabilidades de um dia ser salvo? Não é mais que provável que permanecerá como está, até que a morte feche para sempre as portas da salvação? Poderá rejeitar esta suposição; entretanto, ela é racional, pois quem não se lava em águas abundantes, quando as encontra, muito provavelmente permanecerá imundo até o fim. Se o tempo apropriado não chegou, por que haveria de chegar? É natural temer que ele nunca chegará e que, à semelhança de Félix, o leitor nunca encontre ocasião apropriada, até que esteja no inferno. Oh! Considere o que é o inferno e a terrível possibilidade de ser em breve lançado nele!

     Leitor, caso morra sem ser salvo, não haverá palavras para descrever a sua perdição. Deveria lamentar-se profundamente pelo seu triste estado, falar a respeito dele com gemidos e ranger de dentes. Será punido com a destruição eterna, banido da glória do Senhor e da glória do seu poder. Esta voz amiga deseja alertá-lo e conduzi-lo a uma vida de seriedade. Oh! Seja sábio a tempo e, antes que passe a oportunidade, creia em Jesus, que é capaz de salvá-lo completamente. Utilize o tempo presente para refletir. Se, em humilde fé em Cristo, houver arrependimento na sua vida, isto será o melhor a acontecer-lhe. Não permita que este ano comece continuando sem perdão; que o repicar dos sinos do ano novo o encontrem sem o gozo verdadeiro. Creia em Jesus e viva - agora, agora, agora.

"Livra-te, salva a tua vida; não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que não pereças" (Gn. 19:17).

 

- Charles H. Spurgeon

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira
A certeza improvável

Tema abordado por Carlos Oliveira em 25 de setembro de 2020

Dário Botas
Não teimes, mas persevera

Tema abordado por Dário Botas em 20 de setembro de 2020

Carlos Oliveira
Os 10 Mandamentos salvam?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 18 de setembro de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:13 em 23 de setembro de 2020

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário