Salvo de quê?

fogo inferno

 

     A Bíblia fala de salvação e de pessoas serem salvas. Mas o que significa isso? De que somos salvos? Salvos e salvação são palavras que falam de libertação ou resgate, e a pergunta natural deve ser: salvo de quê?

     Quando a Bíblia fala sobre ser-se salvo, está a falar de salvação do Inferno, de uma eternidade de sofrimento consciente e tormento no Lago de Fogo. Deus deseja salvá-lo do Inferno, do eterno Lago de Fogo. A mensagem das Escrituras é que a salvação é um resgate, um resgate de um lugar real chamado Inferno.

     É importante que nos lembremos disto ao pensarmos nos perdidos e incrédulos, e na nossa gratidão, tendo consciência dos horrores de que fomos salvos. A melhor forma de podermos manifestar amor e preocupação pelos outros é comunicarmos-lhes o Evangelho. Estaremos a procurar satisfazer a sua maior necessidade, e a avisá-los e a mostrar-lhes Aquele que quer resgatá-los do fogo eterno do Inferno, se tão simplesmente eles crerem no Evangelho.

      A Bíblia é um Livro de advertência sobre o Inferno. É errado ignorar esta mensagem na Palavra de Deus. Devemos advertir os outros, como a Bíblia adverte sobre o Lago de Fogo ....

     Apocalipse 20:15: "E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo."

     A sentença da segunda morte será passada a todos os incrédulos de todos os séculos no Julgamento do Grande Trono Branco. O Lago de Fogo é o destino final dos não salvos. O apóstolo Paulo escreve que os incrédulos “por castigo padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do Seu poder” (2 Tes. 1:9).

     O Lago de Fogo é um lugar de punição, perdição eterna e separação da presença do Senhor. O horror da separação de Deus é visto na vida de Caim. Quando Caim foi punido pelo o Senhor por ter ele matado o seu irmão Abel,

     “Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. Eis que hoje me lanças da face da terra, e da Tua face me esconderei" (Gén. 4:13-14).

     Esta é uma versão suave do que acontece com os perdidos no Inferno. Eles serão afastados do Senhor, escondidos da Sua face eternamente, abandonados e separados para sempre da Sua presença. E serem separados das Suas bênçãos e bondade fará com que a sua punição seja sem perdão. Separação de Deus e da Sua bondade é um horror inimaginável nas nossas mentes.

     Apocalipse 21:8: “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte.”

     No Inferno os perdidos passarão a eternidade no meio de pura maldade, entre os ímpios e piores dentre as pessoas perdidas. Eles irão passar a eternidade com assassinos e homicidas, com os sexualmente imorais, violadores, feiticeiros, revoltados, odiosos, depravados, pessoas maldosas. Eles também viverão eternamente entre os demónios malignos, Satanás, a Besta, o Falso Profeta e todos os horrores e medos que implicam viver eternamente na presença deles.

     Os descrentes irão passar a eternidade no meio do mal e iniquidade absolutos para sempre. Eles não experimentarão nada de bom. As bênçãos de Deus nesta vida que tantas vezes são tidas como dado adquirido, eles nunca mais experimentarão: família, comida, luz, conforto, lar, riso, descanso.

     A Bíblia apresenta o Inferno como um lugar real onde todos os incrédulos sofrem a ira de Deus por toda a eternidade. E o Inferno nunca muda; nunca melhora. O Inferno não é castigo; é punição eterna.

     Não há como sair dele. Quem vai parar ao Inferno fica no Inferno ...

     O Inferno é descrito como sendo constituído por “ardente lago de fogo e de enxofre" (Apoc. 19:20). Quando se coloca lenha numa lareira, faz-se isso rapidamente. Quando se toca numa panela quente, dói. Os perdidos arderão em fogo abrasador, em horrível tormento, experimentando uma dor interminável.

     Marcos 9:43-45 diz que o fogo nunca se apagará. É um fogo inextinguível que não se apagará nem pode apagar, ardendo para sempre. É descrito como uma "fornalha de fogo" (Mat. 13:42,50), uma fornalha que causa calor interminável, sufocante, atormentador. Cristo advertiu: "E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, Aquele que pode fazer perecer no Inferno a alma e o corpo" (Mat. 10:28). O Inferno é um lugar de perdição espiritual e corporal. Não há companheirismo no Inferno. Nenhuma festa no Inferno. Nenhuma comunidade, nenhum convívio, nenhum relacionamento no Inferno. O Inferno estará cheio de pessoas pessoalmente destruídas e desfeitas por dor emocional e espiritual e por agonia física. Todo o indivíduo entrincheirar-se-á completamente na sua própria angústia. Estarão em solidão e tristeza absolutas. O sofrimento pessoal e solitário para sempre é a imagem que temos do Lago de Fogo das Escrituras.

     “Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o e lançai- o nas trevas exteriores; ali, haverá pranto e ranger de dentes" (Mat. 22:13).

     Cristo ensina que o Inferno é um lugar de "trevas exteriores". Judas 1:13 diz: "Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações, estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas”.

     O Lago de Fogo será um lugar de total escuridão, negrura das trevas, temível escuridão.

     A manhã nunca chega ao Inferno e nunca chegará. A luz nunca se acende. O sol nunca desponta. Nunca haverá um único intervalo.

     Haverá apenas infinitos séculos de infinita falta de esperança, trevas, futilidade e infinito desespero num estado totalmente separado de Deus.

     Mateus 22:13 também ensina: “ali haverá pranto e ranger de dentes.” Choro, pranto, gemidos, gritos serão ouvidos entre os que estão no Inferno. Os condenados irão gemer, prantear e soluçar inconsolavelmente.

     Eles prantearão e suplicarão por ajuda, mas nenhuma ajuda lhes virá.

     Eles rangerão e chiarão os dentes com intensa dor. Esse rangido de dentes também fala do seu arrependimento. Expressando a sua angústia emocional eles, eternamente, de forma continuada, rangerão os dentes por causa do seu profundo remorso.

     Se se queima o jantar, se se esquece o aniversário, se se tem um dia de trabalho péssimo, ou se se faz um mau corte de cabelo, e se fica incomodado, range-se os dentes, mas ainda se tem outra oportunidade. Sabe-se que há uma próxima vez para se fazer melhor e se fazer diferente. Para os perdidos no Inferno, porém, eles lembrar-se-ão de como tiveram a oportunidade de serem salvos, mas rejeitaram Cristo. Eles saberão que não haverá próxima vez. Não haverá esperança nem antecipação de se fazer de maneira diferente numa próxima vez. Esse arrependimento eterno causar-lhes-á profunda dor, e o ranger dos seus dentes nunca, jamais, irá parar ...

     Existem muitas vias para o Inferno, mas só há uma forma de escapar dele. E é pelo "Caminho, a Verdade e a Vida", o Senhor Jesus Cristo. No este ou no oeste, no norte ou no sul, sendo rico ou pobre, na antiguidade ou na modernidade, o problema é o mesmo, e a solução é a mesma. O problema é o pecado. A solução é Jesus Cristo (Romanos 3:21-26).

     Nós estamos mortos nos nossos pecados. Estamos a caminho do Inferno. Mas há um Salvador, um Resgatador, um Libertador que morreu na Cruz para nos salvar da eterna separação de Deus no Lago de Fogo. Só se confiar que Cristo morreu pelos seus pecados e ressuscitou, o salvará do Inferno (1 Cor. 15:1-4). Pela graça, por meio da fé, como uma oferta gratuita (Efé. 2:8-9), Ele dá-nos a vida eterna e um lar no Céu para sempre.

     Para onde vai a sua alma quando morrer? Está preparado? Já confiou em Cristo? Se não o fez, não demore. Faça-o neste instante.

     Para os que têm crido, a verdade sobre o Inferno motiva-nos a conversar com os seus entes queridos, familiares e amigos, e com qualquer pessoa e com todos, sobre Cristo e o Evangelho da graça que salva do Inferno, para que possam crer e serem salvos antes que seja tarde demais.

- Kevin Sadler
(Berean Searchlight)
Trecho do novo opúsculo de Kevin Sadler,
baseado no episódio 58 de Transformed by Grace (Transformado pela Graça)

Sermões e Estudos

Dario botas 16JUN19
O Espírito Santo nos dias de hoje II

Sermão proferido por Dário Botas em 16 de junho de 2019

Jose Carvalho 09JUN19
A vontade de Deus

Sermão proferido por José Carvalho em 09 de junho de 2019

>
FranciscoCorreia 02JUN19
Evangelismo II

Sermão proferido por Francisco Correia em 02 de junho de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:17 em 12 de junho de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário