Porque é que a Páscoa se centra na religião?

Billy Graham
 

 Apesar de Billy Graham já ter sido promovido à glória (07NOV1918-21FEV2018), continuaremos a publicar as suas Perguntas/Respostas - novas e em arquivo.

 

Pergunta: A Páscoa parece ser uma época de emersão do inverno sombrio para a esperança e uma nova vida. Mas a ênfase religiosa parece rebuscada. Porque é que a Páscoa tem que estar centrada na religião? - E.U.

Resposta: Não haveria Páscoa sem a verdade da ressurreição de Jesus Cristo. A própria primavera fala de uma nova vida. A ressurreição dá significado e poder à cruz. A vitória final da cruz é que esta não conseguiu segurar o Salvador do mundo, que ressuscitou para uma nova vida e foi vitorioso sobre a morte. Ele acabou a Sua obra pela humanidade ali, mas a cruz não O acabou. Ele triunfou sobre o pecado, ganhando a salvação para a humanidade. A Páscoa não significaria nada sem esta verdade poderosa, transportando as nossas esperanças para além da frieza e das profundezas da sepultura.

     Alguns creem que Jesus morreu deixando o legado de ter sido um bom mestre que deixou para trás pensamentos e desafios profundos, mas rejeitam a verdade de que Ele ressuscitou dos mortos. Outros acham que a ressurreição foi uma farsa. Há quem questione mesmo se Jesus existiu. Os verdadeiros crentes em Jesus Cristo não têm dúvidas de que Ele viveu entre nós e, no fim, venceu o aguilhão da morte, oferecendo à humanidade o maior presente - o Seu amor sacrificial.

     A cruz manchada de sangue é horrível para alguns, mas a cruz vazia está plena de esperança. Satanás, extremamente ansioso por frustrar os propósitos de Deus, confundiu-se, e Deus transformou o que parecia ser a maior tragédia da vida no maior triunfo da história. A morte de Cristo, perpetrada por homens maus, foi considerada por eles como o fim, mas o Seu túmulo tornou-se apenas numa porta para a vitória. Jesus comprou a nossa redenção e providenciou uma justiça que não poderíamos conquistar por nós mesmos. A cruz é o símbolo da salvação porque representa a condenação do pecado e a esperança dos pecadores. O sacrifício de Cristo condena o pecado e purifica as almas. Esta é a vitória final.

 

(Esta coluna baseia-se nas palavras e escritos do saudoso Billy Graham.)

- Billy Graham

 

Sermões e Estudos

José Carvalho
O inimigo

Tema abordado por José Carvalho em 11 de abril de 2021

Carlos Oliveira
Ilusão, miragem

Tema abordado por Carlos Oliveira em 09 de abril de 2021

Fernando Quental
Não perder de vista

Tema abordado por Fernando Quental em 04 de abril de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:20 em 07 de abril de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário