O Homem

Visto por Victor Hugo

victor_hugo.jpg     “O homem, essa enfermidade, essa sombra, esse átomo, esse grão de areia, essa gota de água, essa lágrima caída dos olhos do destino; o homem que vive na perturbação e na dúvida, sabendo pouco do dia de ontem e nada do dia de amanhã, vendo no caminho o necessário para pousar os pés e o resto em trevas; trémulo, se olha para diante, triste, se olha para trás; o homem, envolto nessas obscuridades — o tempo, o espaço, o ser, — e nelas perdido, tendo em si  um abismo — a sua alma — e fora de si o céu; o homem, que em certas horas se curva com uma espécie de horror sagrado a todos os esforços da natureza, ao ruído do mar, ao irradiar das estrelas; o homem, que não pode levantar a cabeça de dia sem que a luz o cegue, de noite sem que o perturbe o infinito; o homem, que nada conhece, nada vê, nada entende; que pode ser levado amanhã, hoje, agora mesmo pela onda que passa, pelo vento que soa; o homem, esse ser, tímido insecto, miserável servo do acaso, o ludíbrio do minuto que passa; o homem, humilde verme da terra, quer destruir as obras de Deus e impugnar a religião que regou com o seu sangue, que ele selou com a sua morte e à qual prometeu a sua assistência! Miséria das misérias!”

Sermões e Estudos

José Carvalho
Hoje

Sermão proferido por José Carvalho em 13 de outubro de 2019

Jonas Pinho
A solidão do desespero

Sermão proferido por Jonas Pinho em 06 de outubro de 2019

Dário Botas
Seminário, ou Igreja?

Sermão proferido por Dário Botas em 29 de setembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:20 em 16 de outubro de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário