Aprendendo a Discernir (XIV)

NÃO COMPRES UMA DAS SEGUINTES 5 MENTIRAS, QUER NA PUBLICIDADE QUER NA VIDA:

MENTIRA 1: MATERIALISMO – A coisa mais importante na vida é possuir coisas. Através da acumulação de coisas materiais podemos, com efeito, comprar a felicidade.

MENTIRA 2: EXISTENCIALISMO – Vive para o momento; é tudo o que tens.

MENTIRA 3: INDIVIDUALISMO – Tu és a pessoa mais importante na vida. Mereces a tua parte.

MENTIRA 4: HEDONISMO – Prazer, felicidade e gozo, são os propósitos primários da vida. Persegue o prazer, minimiza o desconforto.

MENTIRA 5: SECULARISMO – Ignorância de todas as considerações religiosas. Deus não é significante.


Como as 5 grandes mentiras há três técnicas de persuasão enganosas muito usadas como forma de pressão sobre os nossos comportamentos:

1. Toda a gente o faz. A implicação é óbvia: tu também o devias fazer. Uma pessoa que discerne bem não toma decisões baseadas no facto de que muitos o fazem. Lembremo-nos de, “Larga é a porta … e muitos … “

2.
 A imagem. O publicista projecta uma imagem ou ideia com a qual o consumidor gosta de se identificar. As marcas vendem fundamentalmente um estilo de vida, não um produto. Imaginai um cowboy cheio de estilo montado num cavalo, como imagem de marca duma tabaqueira. A ideia é, compra o nosso produto e terás esta imagem. Mas afinal o que é um cigarro? Ervas secas que produzem o cancro e causam muitas outras desordens físicas.

3. O certificado. Uma pessoa famosa certifica o produto, aprova-o. A implicação é: Visto que fulano usa, eu também … O inferno está cheio de pessoas famosas.


TELEVISÃO

Alguns acham que a TV deve ser partida em cacos e deitada fora. Julgo não serem necessárias medidas tão drásticas. Apresentaremos 10 ideias que realizam o mesmo fim, com menos cacos para limpar.

1. Estabeleça uma política de uso da TV. O melhor talvez seja limitar a Tv a uma hora por dia, e não abri-la ao Domingo, como faziam alguns crentes exemplares. Os programas devem ser seleccionados antecipadamente. Este sistema tem vários benefícios.

     Primeiro, os filhos são ensinados a valorizarem o seu tempo. Já vimos que uma pessoa que discerne valoriza o seu tempo. Isto contribui para a formação de bons hábitos enquanto são novos.

     Um segundo benefício de ter programas pré-aprovados é poupar horas de vegetação em frente ao caixote – uma prática que produz filhos preguiçosos, rabugentos e não produtivos.

2. Não coloque uma TV no quarto dos seus filhos. Nos primeiros anos do surgimento da TV, se a família podia adquirir um aparelho, este era colocado num lugar público onde todos podiam ver o que estava a ser passado. Com as facilidades que hoje existem, alguns pais pensam estar a fazer um favor aos filhos colocando-lhes uma TV no quarto. De facto o que fazem é permitirem que os filhos estejam num mundo privado, muito seu, que exclui o envolvimento dos pais. Os filhos estarem horas em frente ao televisor sem qualquer supervisão viola todos os princípios do ensino sobre o discernimento são.

3. Não coloque uma Tv no seu próprio quarto. Há boas razões para considerarmos bem isto. Primeiro isso torná-lo-á um exemplo para os seus filhos. Segundo, são numerosos os casais que se queixam da TV roubar tempo ao muito necessário diálogo. Para a maioria dos adultos, o quarto, à noite, constitui o único espaço e tempo quando não estão rodeados pelos filhos, e por isso podem desenvolver a necessária comunicação.

4. Ponha o Salmo 101.3 em cima do aparelho. «Não porei coisa má diante dos meus olhos: aborreço as acções daqueles que se desviam; nada se me pegará». Será um bom lembrador, para que nunca se esqueça do cuidado que deve ter no que vê.

5. Nunca use a TV como Baby-Sitter. Quando está demasiado cansado para cuidar dos seus filhos, não os coloque diante da TV horas e horas. Não ceda a essa tentação. É preferível pô-los a desenhar, a ler, a ouvir histórias em DVD's, do que deixá-los ver horas de desenhos animados.

6. Purgue a televisão por cabo dos canais que não interessam.  Facilitar-lhe-á mais o caminho para ser um vencedor.

7. Aposta em heróis cristãos. Grave e construa uma videoteca com heróis cristãos. Os vossos filhos terão os valores reforçados.

8. Faz uma lista de actividades alternativas.  O problema é que muitos parece esquecerem que há muito para fazer e que é importante. Que desperdício passar horas doentias frente àquela caixa.

9. Reformule a disposição dos sofás na sala.  Na maioria das casas está tudo ordenado tendo a Tv como centro das atenções. É só colocar um sofá de costas para a TV! A partir daí as pessoas passam a ser o centro das atenções. E se alguma visita achar estranho e perguntar se o aparelho está avariado, respondamos-lhe dizendo, “sabe, a TV tem actuado como membro da família, e até mais que isso. Até que aprenda a comportar-se como deve, está de castigo no canto.

10. Proteja os seus filhos de filmes inconvenientes provenientes de clubes de vídeo. Acompanhe-os na escolha do que vão levar para ver.


Sermões e Estudos

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Carlos Oliveira
O peso do pecado

Tema abordado por Carlos Oliveira em 17 de setembro de 2021

Dário Botas
Qual a tua motivação (Parte II)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 15 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário