I - Cartas aos Jovens

Fernando Quental

 

“Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai n'Ele.” - Colossenses 2:6

     Oi guerreira, há quanto tempo não recebia notícias tuas! Foi muito bom teres-me escrito. Quero que saibas que és muito preciosa para nós, mas muito mais és para o Nosso Deus que tanto te ama - um Amor incondicional que nós não conseguimos entender pela nossa imperfeição humana. Mas, ... voltando ao nosso assunto ... Disseste-me que estás a atingir os teus objetivos profissionais e fico contente por isso. Dizes-me que tens tido pouco tempo para a leitura da Palavra de Deus. Humm, isso assusta-me e mais assustado fiquei quando disseste que começaste a namorar com um jovem descrente. Guerreira, dizes-me que têm objetivos e gostos em comum, os mesmo projetos de trabalho no futuro. A minha pergunta é esta: e o projeto espiritual, o que é que ele tem em comum contigo? Irás casar tendo o Senhor em primeiro lugar no vosso casamento? Quando os problemas surgirem quem falará mais alto no vosso lar? A Palavra de Deus ou o teu futuro marido? Estará ele disposto a orar sempre por ti? Ele terá a igreja como fonte de bons conselhos, de amigos, irmãos na fé, para o direcionar a ter a atitude certa? E quando os filhos surgirem? Será ele o líder espiritual para os conduzir ao Senhor? Ele fará os cultos domésticos?

     Preciosa guerreira, comecei esta carta com o versículo chave: “andarmos Nele”. Como poderá o teu namorado andar no Senhor sem o receber? Por muito que me custe tenho que te dizer que estás a fazer uma escolha fora da vontade de Deus, ao namorares com um descrente. Guerreira, essa não é a ordem que Deus estabeleceu para ti - namorares para falares de Cristo e ele aceitar Jesus Cristo como Senhor da sua vida. Não te mintas a ti própria. Terias sido sábia e prudente em falares do amor do Nosso Senhor Jesus Cristo sem te comprometeres com o namoro. Desculpa em escrever-te assim, mas não posso deixar de te dizer o que precisas. Em relação a ele, contaste-me que ele não pensa em casar nos próximos cinco anos. Como pensas que ele irá proteger a tua pureza até ao casamento? Que ideia tem ele do casamento, sendo descrente? Guerreira, e os teus muitos dons, a quem irás disponibilizar? Sendo no futuro submissa ao teu esposo, estará ele disposto a servir na Obra de Deus 24 sobre 24 horas? 

     Não quero que sofras fora da vontade de Deus. Alguém um dia disse e o disse muito bem: viver em desacordo com a Palavra de Deus é o mesmo que desafiar o Senhor, mesmo inconscientemente. Ainda há tempo para tomares o rumo e a atitude certa. Nunca te esqueças: ou abres os olhos agora no namoro, ou terás que os fechar no casamento. 

     Estamos a orar por ti. Um abraço forte. Sempre juntos.

“O que atenta para o ensino acha o bem, e o que confia no Senhor, esse é feliz.” - Provérbios 16:20

- Fernando Quental

Sermões e Estudos

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Carlos Oliveira
O peso do pecado

Tema abordado por Carlos Oliveira em 17 de setembro de 2021

Dário Botas
Qual a tua motivação (Parte II)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 15 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário