A verdade do Arrebatamento na História

Arrebatamento

     Muitos, por ignorância, pensam que o Arrebatamento da Igreja é ideia relativamente recente, do Século XIX. Porém trata-se de uma verdade bem bíblica que, para além de ser claramente Paulina - foi Paulo que a ensinou (1 Tes. 4:15-18) - é vista em registos bem antigos como, por exemplo, num manuscrito chamado Pseudo-Efraim escrito entre o ano 374 e 627 (não existe uma concordância quanto à data exata), que diz o seguinte sobre o Arrebatamento da Igreja:

     "Portanto, por que não rejeitamos todo cuidado terreal e nos preparamos para encontrar o Senhor Cristo, de modo que Ele possa nos tirar da confusão que toma conta do mundo?... Pois todos os santos e eleitos de Deus serão reunidos, antes da tribulação que virá, e serão levados para o Senhor a fim de não verem a confusão que está para dominar o mundo por causa de nossos pecados".

     Deixemos, pois, todo o cuidado terreal. O Senhor pode vir hoje.

     "Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

     "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

     "Depois nós, os que ficarmos vivos, SEREMOS ARREBATADOS juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

     "Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras" (1 Tes. 4:15-18).

- C.M.O.

 

Sermões e Estudos

Fernando Quental
Como o Senhor transforma

Sermão proferido por Fernando Quental em 08 de dezembro de 2019

José Carvalho
Clamei a Deus

Sermão proferido por José Carvalho em 01 de dezembro de 2019

Dário Botas
Moisés e Paulo

Sermão proferido por Dário Botas em 24 de novembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:23 em 04 de dezembro de 2019

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário