Cristo sofreu no inferno?

Kevin 1 1024x576

 

     A resposta simples a esta pergunta é não.

     O ensino erróneo é o seguinte: depois da Sua crucificação, o corpo do Senhor foi colocado num túmulo, e o Seu espírito foi para o inferno. Ali Ele sofreu todo o tormento do inferno que teríamos de sofrer. Mas Satanás, a morte e o inferno não puderam segurá-Lo. Atos 2:24-27 é usado para apoiar esta posição: “Ao qual Deus ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela; porque dele disse Davi: Sempre via diante de mim o Senhor, porque está à minha direita, para que eu não seja comovido; por isso se alegrou o meu coração, e a minha língua exultou; e ainda a minha carne há de repousar em esperança. Pois não deixarás a minha alma no Hades, nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção”.

      É ensinado que, porque Cristo não era merecedor de punição, o Senhor foi ressuscitado do inferno e da sepultura pelo poder de Deus. Alguns vão mesmo tão longe que dizem que para se ser salvo tem de se crer que Cristo sofreu no inferno .

     Esta é uma doutrina perigosa. Na verdade, é um ataque contra a cruz de Cristo. A palavra “inferno” em Atos 2:27 é traduzida da palavra grega hades.

     O hades está no centro da terra. Na época da morte de Cristo, tinha dois compartimentos: o seio de Abraão e o lugar de tormento. Nós vemos isso no relato do homem rico e Lázaro em Lucas 16:19-31. Depois que ambos morreram, vemos Lázaro no paraíso, no seio de Abraão (v. 22) e o homem rico "no inferno [hades] ... em
tormentos ”(v. 23).

     Cristo enfrentou plenamente o juízo de Deus contra os nossos pecados na Sua cruz durante as três horas de escuridão em toda a terra (Lucas 23:44). Quando o fez, Cristo experimentou as realidades do inferno na cruz: separação do Pai, trevas, tormento, sede e o fogo da ira de Deus contra o pecado. Ele foi o nosso bendito substituto na cruz; Ele cumpriu a pena do pecado por nós e suportou a ira de Deus em nosso lugar. Quando Cristo exclamou: "Está consumado" (João 19:30), Ele quis dizer que o pagamento pelo pecado foi completo e pago na íntegra. Dizer que Cristo também precisava de sofrer a penalidade do pecado no inferno durante três dias e três noites é ensinar o contrário.

     Durante três dias e três noites o nosso Senhor esteve no centro da terra (Mt. 12:40). Nós sabemos para onde a Sua alma foi depois que Ele morreu, porque Ele disse ao malfeuitor crente na cruz ao Seu lado: “Em verdade te digo que hoje estarás Comigo no Paraíso ”(Lucas 23:43). Ele não foi para o inferno quando morreu. Ele
não sofreu em tormento no hades. O Seu espírito desceu à seção do paraíso, no hades, onde o espírito do malfeitor arrependido também estava. Três dias depois, Ele ressuscitou dos mortos, triunfante sobre o pecado e a morte!

— Kevin Sadler

Sermões e Estudos

Jose Carvalho 13JAN19
Coroa em vez de Cinza

Sermão proferido por José Carvalho em 13 de janeiro de 2019

Rob van der Zee 06jan19
Agora que cremos

Sermão proferido por Rob van der Zee em 06 de janeiro de 2019

Fernando Quental 30DEZ18
Ensina o menino na Palavra

Sermão proferido por Fernando Quental em 30 de dezembro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:10 em 16 de janeiro de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário