A Grande Tribulação: o que é?

A Igreja, o Corpo de Cristo, será arrebatada antes da Grande Tribulação

 

     O intervalo de tempo que separa a remoção da Igreja da terra e o retorno de Cristo à mesma é designado por várias descrições na Palavra de Deus. Isaías chama-lhe o dia da vingança (Isaías 61:2). Jeremias chama o tempo da angústia para Jacó (Jeremias 30:7). É chamado o grande dia do Senhor em Sofonias 1:14 e um tempo de angústia em Daniel 12:1. O Senhor Jesus chama-a de Grande Tribulação, ou Aflição, em Mateus 24:21 e Marcos 13:19-20.

     "Porque haverá então grande aflição [ou, tribulação], como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tão-pouco há-de haver" (Mateus 24:21).

     A Grande Tribulação é bem diferente de mera "tribulação". A própria palavra significa literalmente "arrasar", "esmagar". Ela carrega consigo o pensamento de tristeza, sofrimento e aflição. A maioria das pessoas passa algum tempo na vida sofrendo várias formas de 'tribulação' (veja Jó 14: 1, João 16:33, Romanos 12:12). Mas o período de tempo designado como Grande Tribulação (ou A Grande Tribulação. Apocalipse 7:14) é mais do que aflição pessoal ou tristeza individual. É um período específico e definido no qual certos eventos ocorrerão. A Grande Tribulação está sempre, ou em declaração direta, ou em indicação específica, ligada a Israel.

     Em Jeremias 30:7 é chamada de tempo de angústia para Jacó. Porquê Jacó? É por causa de algo que aconteceu na vida de Jacó que prefigurou esse tempo de tribulação. Tal remonta à noite da angústia de Jacó em Génesis 32: 24-30. Após cerca de vinte anos de exílio, Jacó estava prestes a retornar à sua própria terra. Ele chegou à fronteira quando soube do plano de Esaú em ir ao seu encontro com um exército. Ao ouvir isso, Jacó ficou com medo e angustiado. Durante a noite ele clamou a Deus por libertação. Ele implorou por misericórdia na sua hora de crise.

     Foi nesta noite de sofrimento e angústia que o Senhor em misericórdia mudou o seu nome de Jacó para Israel. Foi aqui que Deus mostrou mais do que misericórdia. Ele estendeu graça, pois o nome Israel significa "um príncipe com Deus". Então, chegará um tempo em que a nação de Israel estará em circunstâncias similares de medo e aflição. Será a hora da angústia para Jacó, a hora da crise para a nação de Israel, a Grande Tribulação.

     Pode não chegar antes de Israel retornar à Terra. Mas tem de vir sobre Israel antes da nação entrar no reino milenar. E então, durante este tempo de crise, o Anticristo causará temor no coração da nação de Israel, como Esaú causou ao homem Israel há muito tempo. E então Israel clamará a Deus (Mateus 6:13; 23:39), e então Deus mostrar-lhes-á misericórdia e graça. (Romanos 11)

     Tudo isto ainda é futuro. Não ocorreu com a destruição de Jerusalém no ano 70 D.C., como alguns erroneamente acreditam. Naquela época, a nação de Israel foi expulsa da terra e dispersa. Eles não foram "salvos" nem "libertados", mas ficaram literalmente perdidos no mar das nações. Todavia, no final do período da Grande Tribulação haverá um "Libertador", o Senhor Jesus Cristo. "E assim todo o Israel será salvo" (Romanos 11:26).

     A grande tribulação é iminente. Será o momento mais terrível na história de todos os homens. “Haverá um tempo de angústia, qual como nunca houve, desde que houve nação.” (Daniel 12:1) “Porque naqueles dias haverá uma aflição tal, qual nunca houve desde o princípio da criação” (Marcos 13:19; Mateus 24:21)

     Agora é o dia da salvação!

 

- Henry Grube

Sermões e Estudos

Alberto Veríssimo
Terra de Gigantes

Reunião de Homens por Alberto Veríssimo em 10 de agosto de 2019

Alberto Veríssimo
Tempestade vivida

Sermão proferido por Alberto Veríssimo em 18 de agosto de 2019

Alberto Veríssimo
José, ou saber esperar em Deus

Reunião de Jovens por Alberto Veríssimo em 09 de agosto de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:18 em 31 de julho de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário