A Ressurreição descongelada e inútil

Bill Bright

 

     “Assim também a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor” (1 Coríntios 15:42).

     Caros amigos, 

     Quando o lendário jogador de basebol, Ted Williams, morreu em 2002, o seu filho tomou a controversa decisão de congelar o corpo do seu pai, assumindo, suponho, que um dia o seu pai poderia ser ressuscitado.

     Outros tiveram esperanças similares. Leslie Flynn, em “The Sustaining Power of Hope” (O Poder Sustentador da Esperança), descreve um jovem em Nova York, que deu um passo antes da sua morte aos 24 anos de idade que ele pensou que salvaguardaria o seu futuro.

     Para a sua morte, Steven planeou ser congelado até uma cura médica ser encontrada para a infeção intestinal que o tornou num inválido crónico e o levaria a uma morte precoce.

     Quando a infeção de Steven teimosamente se recusou a responder ao tratamento médico, ele seguiu um anúncio intrigante colocado numa revista de ficção científica pela Sociedade Criogénica (preservação de corpos humanos em baixas temperaturas) de Nova York. Esta sociedade foi fundada sobre a premissa de que os corpos clinicamente mortos poderiam ser colocados num congelador e depois trazidos de volta à vida.

     Ele instruiu a sua mãe para se certificar de que uma vez ele fosse declarado legalmente morto, o seu corpo não seria enterrado nem cremado, mas congelado.

     Quando ele morreu, a Sociedade Cirogénica assumiu prontamente o encargo. Steven foi colocado em "suspensão criogénica" numa "Cápsula-Cripta", uma garrafa gigante cheia de nitrogénio líquido. Steven permanecerá indefinidamente naquele estado.

     A sua mãe comentou que a morte de Steven foi mais fácil de ela suportar porque não se fazia desaparecer alguém debaixo da terra. Quando interrogada se ela esperava que Steven ressuscitasse da sua Cápsula Criogénica, ela fez este comentário trágico, "eu tenho apenas uma esperança remota da ressurreição do meu filho."

     Que contraste com esta esperança remota e improvável é o que a Bíblia ensina! Nós temos a certeza absoluta da ressurreição dos que morrem confiando em Jesus.

     Na verdade, temos uma esperança muito melhor. A nossa esperança não somente é certa, como não vamos ser descongelados nestes corpos fracos, decaídos e temporais, mas realmente ressuscitados num corpo novo e glorioso!

     Porque Jesus Cristo venceu a morte e ressuscitou dos mortos, um dia Ele vai trazer de volta à vida todos aqueles que colocaram a sua fé n'Ele, dando-lhes corpos perfeitos, exactamente como o Seu próprio corpo ressuscitado e glorificado.

     "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é O veremos" (1 João 3:2).

     Um dia isto superará o congelamento e o descongelamento! 

Bill Bright

Sermões e Estudos

David Gomes
Zaqueu - sua estatura improvável

Tema abordado por David Gomes em 02 de agosto de 2020

Carlos Oliveira
A Ressurreição

Tema abordado por Carlos Oliveira em 31 de julho de 2020

Alberto Veríssimo
As duas multidões

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 26 de julho de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:10,11 em 29 de julho de 2020

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário