Somos como Cristo

william_macdonald.jpg     “…qual Ele é, somos nós também neste mundo” (1 João 4:17b).

     Eis uma daquelas verdades do Novo Testamento que nos choca pela sua audácia. Nós não nos atreveríamos a proferir estas palavras se não as víssemos na Bíblia. Porém elas são gloriosamente correctas, e nós podemos deleitar-nos e regozijar-nos nelas.

     Em que sentido somos como Cristo neste mundo? As nossas mentes, quase que pensam automaticamente primeiro nos modos em que não somos como Ele. Nós não partilhamos com Ele os atributos da divindade, como a omnipotência, a omnisciência e a omnipresença. Nós estamos cheios de pecado e fracasso enquanto Ele é absolutamente perfeito. Nós não amamos como Ele ama, ou perdoamos como Ele perdoa.

     Como é que, então, somos semelhantes a Ele? O versículo explica. "Nisto é perfeita a caridade para connosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual Ele é, somos nós também neste mundo". O amor de Deus tem trabalhado de tal modo nas nossas vidas que não ficaremos aterrorizados quando estivermos perante o Tribunal de Cristo. A razão para a nossa confiança jaz no facto de termos isto em comum com o Salvador – o julgamento está para trás de nós. Nós somos como Ele no que diz respeito ao juízo. Ele suportou o juízo dos nossos pecados na Cruz do Calvário e resolveu a questão do pecado de uma vez por todas. Porque Ele experimentou o castigo dos nossos pecados, nós nunca vamos ter de o experimentar. Nós podemos cantar com confiança,

     Morte e juízo atrás de mim estão,
     Graça e glória adiante me brindarão,
     Todas as vagas sobre Jesus caíram,
     Seu máximo poder sobre Ele confluíram.

     Assim como o juízo há passado para sempre para Ele, é passado também para nós, e podemos dizer,

     Não há inferno para mim,
     Não há nenhuma condenação,
     O tormento e o fogo, assim,
     Os meus olhos nunca verão.
     Para mim não há sentença,
     A morte não tem ferrão:
     Porque o Senhor faz a diferença
     Suas asas me protegerão.

     Nós somos como Ele, não só no que diz respeito ao julgamento, mas também no que diz respeito à aceitação diante de Deus. Ficamos diante de Deus com o mesmo favor com que o Senhor Jesus fica, porque estamos n’Ele.

     Perto, tão perto de Deus,
     Mais perto não posso estar lá,
     Pois na Pessoa do Filho de Deus
     Estou tão perto quanto Ele está.

     E, finalmente, somos como Cristo, porque somos amados por Deus, o Pai, exactamente como Cristo é. Na Sua oração sumo sacerdotal, o Senhor Jesus disse: "... os tens amado a eles como Me tens amado a Mim" (João 17:23 b). Assim, não é exagero dizermos:

     Querido, tão querido de Deus,
     Não poderiam ser mais queridos os Seus.
     O amor com que Ele ama Seu Filho, assim,
     É o amor com que me ama a mim.

     Por isso, é felizmente verdade que como Cristo é, também nós somos neste mundo. 

William MacDonald
One Day at a Time

Sermões e Estudos

Fernando Quental 16JAN22
Tribulação e tentação

Tema abordado por Fernando Quental em 16 de janeiro de 2022

Carlos Oliveira 14JAN21
Porque Deus permite a tragédia?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 14 de janeiro de 2022

David Gomes 09JAN21
A oração de Jesus

Tema abordado por David Gomes em 09 de janeiro de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:7 em 12 de janeiro de 2022

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário