O que Deus mais quer

william_macdonald.jpg     “Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício ...” (Mt. 9:13).

     Deus está muito mais interessado em como tratamos as outras pessoas do que no número cerimónias religiosas em que participamos. Ele prefere a misericórdia ao sacrifício. Ele coloca a moralidade prática acima do ritual. Pode parecer estranho ler que Deus não deseje sacrifício, pois foi Ele Quem instituiu o sistema de sacrifícios inicialmente. Porém não há nenhuma contradição. Embora seja verdade que Ele tenha ordenado que as pessoas trouxessem sacrifícios e ofertas, Ele nunca tencionou que estes tomassem o lugar da justiça e da bondade. "Fazer justiça e julgar com rectidão é mais aceitável ao Senhor do que oferecer-Lhe sacrifício" (Pv 21:3).

     Os profetas do Velho Testamento, ribombaram contra as pessoas que observavam todos os rituais propriamente ditos, mas que enganavam e oprimiam o seu próximo. Isaías disse-lhes que Deus estava farto dos seus holocaustos e feriados religiosos enquanto eles oprimissem os órfãos e as viúvas (Is 1,10-17). Ele disse-lhes que o jejum que Deus desejava era que tratassem dos seus servos de forma justa, alimentassem os famintos e vestissem os pobres (Is 58:6,7). A menos que as suas vidas estivessem certas, eles bem podiam estar a oferecer uma cabeça de cão ou sangue de porco (Isaías 66:3).

     Amós disse ao povo para parar com as suas observâncias religiosas, porque Deus iria continuar a detestar estes rituais enquanto a justiça e a misericórdia não fluíssem como uma poderosa torrente (Amós 5:21-24). E Miqueias avisou que o que Deus quer mais do que o ritual é a realidade - a realidade da equidade, da justiça, da misericórdia e da humildade (Miqueias 6:6-8).

     Nos dias do nosso Senhor, os fariseus granjearam o Seu desprezo por pretenderem ser religiosos com longas orações públicas, enquanto defraudavam as viúvas nas suas casas (Mt. 23:14). Eles tinham o cuidado de dar a Deus o dízimo da hortelã do seu jardim, mas isso nunca poderia tomar o lugar da justiça e da fé (Mt. 23:23). É-nos inútil trazer a nossa oferta ao Senhor, se nosso irmão tem uma reclamação válida contra nós (Mt. 5:24); o dom só é aceitável após o erro ser corrigido. Frequentar a igreja regularmente nunca servirá de cobertura a práticas comerciais desonestas durante a semana. De nada vale dar à mãe uma caixa de chocolates no Dia das Mães se a tratamos mal durante o ano, ou oferecer uma camisa ao pai no Dia dos Pais, se não lhe revelamos amor e respeito o resto do tempo.

     Deus não se deixa enganar pelas aparências ou rituais. Ele atenta para o coração e para o nosso comportamento no dia-a-dia. 

William MacDonald
One Day at a Time

Sermões e Estudos

Fernando Quental 16JAN22
Tribulação e tentação

Tema abordado por Fernando Quental em 16 de janeiro de 2022

Carlos Oliveira 14JAN21
Porque Deus permite a tragédia?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 14 de janeiro de 2022

David Gomes 09JAN21
A oração de Jesus

Tema abordado por David Gomes em 09 de janeiro de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:7 em 12 de janeiro de 2022

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário