O autodomínio

william_macdonald.jpg  “O fruto do Espírito é … temperança …” (Gál. 5:22).
 

     A tradução preferida deste último fruto do Espírito é autodomínio. A temperança tornou-se particularmente associada à restrição no uso de bebidas alcoólicas. O autodomínio transporta o pensamento de moderação ou abstinência em todas as áreas da vida.

     Pelo poder do Espírito Santo, o crente é habilitado a exercer autodomínio sobre sua actividade mental, o seu apetite por comida e bebida, o seu discurso, a sua vida sexual, o seu temperamento e qualquer outro poder que Deus lhe deu. Ele não tem nenhuma necessidade de ficar escravizado por qualquer paixão ou desejo.

     Paulo lembrou aos Coríntios que um atleta pratica autodomínio em todas as coisas (1 Coríntios. 9:25). Ele próprio determinou-se a não se deixar escravizar por nada (1 Coríntios. 6:12) e assim ele subjugou o seu corpo, obrigando-o a ser completamente controlado, para que depois de pregar aos outros, ele próprio não fosse desqualificado (Veja 1 Coríntios. 9:27 NTLH).

     O cristão disciplinado evita excessos. Se o café, o chá ou a coca-cola o escraviza, ele abandona esse hábito. Ele recusa-se a ser dominada pelo tabaco sob qualquer forma. Ele evita escrupulosamente o uso de calmantes, pílulas para dormir ou outros fármacos, salvo prescrição médica. Ele controla o tempo dedicado a dormir. Se ele é atormentado pelo problema da concupiscência, ele aprende a expulsar os pensamentos impuros, a concentrar-se numa actividade mental pura, e a manter-se ocupado com actividades construtivas. Para ele, toda a dependência, vício ou pecado que nos importuna é um Golias a ser conquistado.

     Muitas vezes ouvimos os Cristãos queixarem-se que não conseguem romper com determinado hábito. Tal derrotismo é garantia de derrota. Significa que o Espírito Santo não é capaz de dar a vitória necessária. O facto é que as pessoas não convertidas, que não têm o Espírito, muitas vezes são capazes de deixar de fumar ou de beber ou de jogar ou de praguejar. Quanto mais facilmente devem os Cristãos ser capazes de o conseguir através do Espírito que neles habita!

     O autodomínio, como os outros oito frutos do Espírito, é sobrenatural. Ele capacita os crentes a exercer disciplina sobre si mesmas de forma não igualável pelos outros.    

 
William MacDonald
One Day at a Time

 

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 15OUT21
O maior filantropo

Tema abordado por Carlos Oliveira em 15 de outubro de 2021

Dario Botas 10OUT21
Qual a tua motivação? (Parte III)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de outubro de 2021

Carlos Oliveira 08OUT21
A violência

Tema abordado por Carlos Oliveira em 08 de outubro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3,4 em 13 de outubro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário