Sê uma testemunha fiel

William MacDonald

 

    «Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal» (Romanos 11.4).

 

     Deus nunca se deixa sem um testemunho. Nos dias mais tenebrosos, há sempre uma voz que soa a Seu favor, duma forma clara e articulada. Muitas vezes nas circunstâncias mais inesperadas, Ele ergue um confessor inesperado que fala ousadamente no Seu nome.
 
      Nos dias que antecederam o dilúvio, a terra estava cheia de violência e de imoralidade. Mas Noé estava lá para dar um valente testemunho a favor do Senhor.
 
     A Elias parecia que toda a nação de Israel estava mergulhada na idolatria, mas Deus tinha 7000 homens que não tinham dobrado os seus joelhos diante de Baal.

     No meio da morte espiritual e declínio moral, João Huss, Martinho Lutero e João Knox despontaram na história para defenderem a causa do Altíssimo.

     Mais recentemente, Deus foi reconhecido quando o telégrafo foi descoberto. A primeira mensagem transmitida foi, "O que Deus tem operado!"

     Quando a Apollo 8 regressava à terra depois do primeiro voo humano à Lua, na véspera de Natal de 1968, os três astronautas leram Génesis 1.1-10, concluindo depois, "E da tripulação da Apollo 8 terminamos com … Que Deus vos abençoe, a todos vós da boa Terra".

     A despeito de todos os protestos enraivecidos dos infiéis, o Serviço Postal do Estados Unidos emitiu um selo alusivo à Apollo 8 com as palavras de Génesis 1.1, «No princípio …»

     Todo o dinheiro dos Estados Unidos traz a inscrição, "Em Deus nós confiamos".

     A abreviatura do calendário A.D. lembra-nos que os anos são do nosso Senhor (Anno Domini).

     Será uma coincidência o céu estelar apresentar uma virgem, um menino, uma serpente e uma cruz - todos participantes importantes no drama da redenção? Estará o Evangelho nas estrelas?

     Até mesmo os ateus por vezes descaem, reconhecendo o Senhor. Um governante ateu disse em 1979 numa reunião realizada na Áustria, "Se falharmos, Deus não nos perdoará".

     Há um certo imperativo moral no universo de que o nosso Deus será publicamente reconhecido. Quando os discípulos louvavam o Senhor Jesus como o Rei que vem em nome do Senhor, os Fariseus exigiram que Cristo os repreendesse. Mas Ele disse-lhes, «Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão» (Lucas 19.40).

     Não precisamos de recear que o nome de Deus não seja celebrado ou que a Sua honra seja negligenciada. Sempre que os homens o pronunciarem morto, Ele fará ressurgir uma testemunha para confundir os Seus inimigos e consolar os Seus amigos. És uma testemunha fiel do Senhor?
William MacDonald
One Day at a Time



 

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira
A certeza improvável

Tema abordado por Carlos Oliveira em 25 de setembro de 2020

Dário Botas
Não teimes, mas persevera

Tema abordado por Dário Botas em 20 de setembro de 2020

Carlos Oliveira
Os 10 Mandamentos salvam?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 18 de setembro de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:13 em 23 de setembro de 2020

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário