Deus usa pessoas imperfeitas

A meta é ser melhor que ontem, não melhor que ninguém! – José Irineu R. Jr.

 

     Porque não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. - Hebreus 4:15

      Uma jovem serva de Deus partilhou comigo a sua luta contínua com um problema dominante na sua vida. É de notar como a sua própria perceção dessa luta bloqueava a sua capacidade de conhecer a Deus e de como enquanto ela não vencia o problema, pensava que Deus não permitiria que fosse eficaz no seu ministério dirigido às crianças. Entristeceu-me ouvir a sua história, pois esta luta é muito comum.

     Com muita frequência, seguidores de Cristo comprometidos creem que Deus não se manifestará ou usará alguém que não tenha uma vida “perfeita”. Aqui surge a questao: acreditas que Deus espera perfeição dos Seus seguidores?

     Uma das minhas histórias encorajadoras favoritas nos Evangelhos é a história de Pedro e do Senhor Jesus Cristo após a Sua ressurreição. A história passa-se na praia do mar de Tiberíades. Pedro dececionara o Senhor seriamente nos dias anteriores, ao ter fugido d’Ele no Seu momento de maior necessidade e ao tê-Lo negado repetidamente, dizendo que não O conhecia. Naquele encontro matinal na praia, o Senhor tinha todo o direito de dizer a Pedro: “Eu amo-te, mas dececionaste-Me. Não posso mais confiar em ti.” Quem teria culpado o nosso Senhor por lhe dizer isso?

     No entanto, o Senhor fez exatamente o oposto. Ele atribuiu uma  responsabilidade a Pedro, dizendo: “Apascenta as minhas ovelhas”. Pedro estava longe de ser perfeito. Pedro era tudo menos um exemplo de “perfeição”. No entanto, O Senhor não apenas Se revelou pessoalmente a ele, como lhe deu autoridade para ministrar a outros.

     Enquanto o povo de Deus busca a santidade, ninguém é perfeito e todos nós lutamos contra o domínio do pecado nas nossas vidas. (Veja 1 João 1:8.) No entanto, precisamos de nos aceitar como somos: santos e pecadores, com pontos fortes e fracos; com sucessos e fracassos; com vitórias e derrotas. Quando reconhecemos os nossos defeitos, lutas e a nossa necessidade de Deus, Ele usa-nos. Quando aceitamos as nossas fraquezas como parte de quem somos e colocamos a nossa confiança na obra de Cristo nas nossas vidas, Ele usa-nos.

     Em vez de chafurdares na lama da autocondenação hoje, recebe este encorajamento das Escrituras: “E disse-me: A Minha graça te basta, porque o Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando estou fraco, então sou forte.” – 2 Coríntios 12:9-10

 

APROFUNDANDO:

1. Que lutas ou pecados te fazem sentir que não podes ser eficaz na tua ministração aos outros?

2. Agradece a Deus por Ele Se deleitar em ti, sendo quem és, independentemente das tuas fraquezas. Pede a Deus que te use hoje para encorajares ou servires alguém em Seu nome.

LEITURA ADICIONAL:

João 21; 1 João 1:8; 2 Coríntios 1:3-7

Por Jim Liebelt

Sermões e Estudos

Armando Santos 26JUN22
Noites longas

Tema abordado por Armando Santos em 26 de junho de 2022

Carlos Oliveira 24JUN22
O que é a verdade?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de junho de 2022

Dario Botas 19JUN22
Esperança terrena vs celestial (Tessal.)

Tema abordado por Dário Botas em 19 de junho de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:12 em 29 de junho de 2022

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário