Quando perder o controlo é uma coisa boa

White Remote

 

     E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe, e dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico e violentamente atormentado. E Jesus lhe disse: Eu irei e lhe darei saúde. E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas, dize somente uma palavra, e o meu criado sarará; pois também eu sou homem sob autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado: Faze isto, e ele o faz. E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé. – Mateus 8:5-10

     Fui acampar com a minha família e confirmei o que sabia ser verdade no meu coração ... Eu realmente não gosto de acampar!

     Há muitos motivos para apoiar este meu desdém, como insetos, dormir no chão duro num saco de dormir e falta de ligação à Internet, mas o ponto principal por detrás da minha aversão a acampar é que gosto de estar no controlo. O acampamento expôs e ampliou essa realidade, pois existem muitas variáveis ​​associadas ao acampamento para eu estar no controlo.

     Quando comecei a pensar sobre a minha necessidade de controlo, percebi claramente que controlo e fé não coexistem.

     A minha necessidade de controlo demonstra a minha falta de fé.

     Na passagem bíblica de hoje, o centurião entendia a questão do controlo. Ele estava familiarizado com o estar no controlo: controlo dos outros, das decisões, das situações e de si mesmo. Mas nenhuma quantidade de controlo poderia curar o seu servo doente. Isso estava fora do seu controlo e, por meio da fé, entregou o controlo ao Senhor Jesus Cristo.

     O centurião chegou a uma conclusão de fé e desistiu do controlo. Ele reconheceu que não era digno ... mas que o Senhor Jesus Cristo era digno.

     Quando o Senhor ouviu aquilo, ficou surpreso e disse aos que O seguiam: “Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé”. – Mateus 8:10

     Suponho que o Senhor não fica surpreso quando eu tento controlar e consertar tudo sozinho. Em vez disso, parece que o Senhor fica surpreso quando tu e eu desistimos do controlo e, pela fé, entregamos este a Ele!

     Há muito em que meditar aqui, sobre como vivemos as nossas vidas momento a momento e se queremos escolher desistir da busca do controlo de forma consistente e humildemente submeter o controlo Àquele que faz tudo bem.

     Esse é um objetivo em que vou trabalhar. Mas, eu ainda não vou continuar a acampar.

 

APROFUNDANDO:

1. As pessoas mais próximas diriam que estares no controlo de tudo é para ti importante? Porquê, ou porque não?

2. Qual a área da tua vida que achas que deves dar o controlo ao Senhor Jesus Cristo?

 

LEITURA ADICIONAL:

Salmo 37:5-6; Provérbios 3:5-6; Marcos 7:37

 

Por Doug Fields

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 15OUT21
O maior filantropo

Tema abordado por Carlos Oliveira em 15 de outubro de 2021

Dario Botas 10OUT21
Qual a tua motivação? (Parte III)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de outubro de 2021

Carlos Oliveira 08OUT21
A violência

Tema abordado por Carlos Oliveira em 08 de outubro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3,4 em 13 de outubro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário