Dizendo o que poderia ser

Foto profissional grátis de abrigo, adorno, afirmativo

 

 

     Pelo que exortai-vos, uns aos outros, e edificai-vos, uns aos outros, como, também, o fazeis. 1 Tessalonicenses 5:11

     Eu estava a almoçar com um novo amigo que me disse: “Eu ouvi-o ensinar e realmente ouvi-o, e acho que no seu caso poderia ser …" Ele prosseguiu dizendo-me no que ele acreditava que eu poderia ser com as novas mensagens que efervesciam dentro de mim. O meu breve almoço com ele foi potencializador! Eu senti-me muito inspirado e motivado. Saí daquele almoço sentindo-me desafiado, capaz e grato por ter um amigo que tem “olhos espirituais” para ver o que eu poderia ser.

     Depois daquele almoço, a caminho do carro, encontrei uma pessoa muito simpática que me conhece das minhas prédicas na igreja. Ela disse: “É mais alto realmente do que parece no estrado”. Já ouvi isso centenas de vezes. Aparentemente, pareço baixinho. Depois, costumam dizer: “Não é tão festivo pessoalmente.” Destacar o óbvio não me causa nada.

     Os relacionamentos superficiais tendem a concentrar-se no óbvio e não inspirar nada de novo. Uma das maneiras de aprofundares a qualidade dos teus relacionamentos é seres uma pessoa que desafia os outros a verem o seu próprio potencial. Se fores como eu, tenderás a ver as tuas próprias falhas, pecados e inadequações e nem sempre verás as qualidades ou potencialidades para o bem. Portanto, quando outros vão para além de apontar o óbvio, levando-te a imaginar o que poderias ser Ler mais e a revelares-te desse modo, isso dá vida às nossas almas. Esse tipo de informação é incrivelmente poderoso e pode transformar vidas!

     Quando eu era adolescente, Jim Burns, que ministrava aos jovens, chocou-me com as suas palavras: “Doug, acho que Deus tem grandes planos para ti como líder ... Não sei quais são, mas sei que irás ser um líder que Deus usa.” As palavras de Jim tornaram-se para mim num retrato visual daquilo em que eu me poderia tornar.

     O que Jim fez por mim foi simplesmente imitar o que Jesus fez por Simão. Lembra-te do evento em que Jesus olhou para além das infelizes saídas de Simão e lhe deu um novo nome: Pedro, Petros, Rocha. Jesus viu algo em Simão (e disse-lhe!) o que Simão não via em si mesmo, e este simples pescador tornou-se num líder sólido como uma rocha na igreja em Jerusalém.

     Todos nós precisamos de pessoas nas nossas vidas que vejam o que nós não vemos em nós mesmos. Hoje, dá um pouco de vida à vida de outra pessoa, reconhecendo o seu potencial e dizendo-lhe o que ela poderia ser.

 

APROFUNDANDO:

1. Reflete sobre uma ocasião em que alguém afirmou o teu potencial. Como te sentiste? Que diferença isso fez na tua vida?

2. Que retrato podes hoje fazer do potencial de alguém que conheces - um retrato que leve essa pessoa a poder perceber e a começar a avançar?

 

LEITURA ADICIONAL:

Mateus 16:13-19; Efésios 4:29; Hebreus 3:13

Por Doug Fields

Sermões e Estudos

José Carvalho
Herança

Tema abordado por José Carvalho em 25 de julho de 2021

Carlos Oliveira
Religiões de substituição

Tema abordado por Carlos Oliveira em 23 de julho de 2021

Fernando Quental
Paciência

Tema abordado por Fernando Quental em 18 de julho de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:1 em 21 de julho de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário