Algo de que todos precisamos

Stereotypical Texans - Lessons - Blendspace

 

     “Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência e longanimidade, com gozo” (Colossenses 1:11).

     “Já ouviste o conto do Texas a respeito da professora que estava a ajudar um dos seus alunos do jardim de infância a calçar as botas de cowboy? Ele pediu ajuda e ela percebeu a razão. Mesmo com ela a puxar e ele a empurrar, as botinhas ainda resistiam não querendo entrar nos seus pés. Quando calçaram a segunda bota, ela começou a suar. E quase chorou quando o pequeno disse: 'Professora, elas estão trocadas nos pés'. Ela olhou e, realmente, estavam.

     “Não foi mais fácil descalçar as botas do que calçá-las. Ela conseguiu manter a calma enquanto juntos se esforçaram para calçar de novo as botas, desta vez nos pés certos. Ele então anunciou: 'Estas não são as minhas botas.' Ela mordeu a língua em vez de ... gritar: 'Porque não disseste isso antes?'

     “Mais uma vez, ela lutou para o ajudar a tirar as botas apertadas nos seus pezinhos. Assim que descalçaram as botas, ele disse: 'São as botas do meu irmão. A minha mãe obrigou-me a usá-las.' Agora ela não sabia se deveria rir ou chorar, mas reuniu toda a graça e coragem que lhe restava para lutar novamente para calçar as botas nos seus pés. Ajudando-o a vestir o casaco, ela perguntou: 'Agora, onde estão as tuas luvas? ' Ele respondeu: ‘Meti-as na biqueira das minhas botas’.”

     Esta professoa é um exemplo perfeito de paciência e longanimidade. Isto é algo que todos nós precisamos na vida. Pessoas e circunstâncias difíceis nas nossas vidas podem tornar a paciência e a longanimidade difíceis de experimentar. No entanto, foi-nos prometida a ajuda de Deus nesta área. Pela habitação do Espírito Santo, somos “corroborados [ou, fortalecidos] em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória” para sermos mais pacientes e longânimos.

     Deus é longânimo. Durante este presente século mau, Deus está a demonstrar a Sua longanimidade ao dar a todas as pessoas a oportunidade de serem salvas (1 Timóteo 1:16; 2 Pedro 3:15). E embora os crentes não sejam perfeitos na sua prática, Deus é paciente e longânimo connosco à medida que crescemos em Cristo. Um aspeto da piedade (ou semelhança com Deus) é ser paciente e longânimo como Ele (Ef 5:1).

     Deus quer que suportemos com paciência e soframos por muito tempo com os que tentam a nossa paciência até ao limite. Deus deseja pavios longos quando surgem mal-entendidos, são ditas palavras dilacerantes ou são feitas más ações. A velha natureza ataca, retalia e é impaciente, mas Deus quer autodomínio na Sua força. O amor altruísta de Deus ensina-nos que “o amor é sofredor e ... não se irrita" (1 Cor. 13:4-5). Viver esse atributo de Cristo nos nossos relacionamentos pode fazer uma grande diferença na qualidade desses relacionamentos e, por sua vez, na qualidade das nossas vidas.

- Kevin Sadler

Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário