• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 25SET22
Simeão II

Tema abordado por Carlos Oliveira em 25 de setembro de 2022

Carlos Oliveira 23SET22
A serenidade da fé

Tema abordado por Carlos Oliveira em 23 de setembro de 2022

Fernando Quental 18SET22
Ser ou estar feliz

Tema abordado por Fernando Quental em 18 de setembro de 2022

Estudo Bíblico
Colossenses 4:15

Estudo realizado em 21 de setembro de 2022

 
ver mais
 

17-09-2022 - Billy Graham registou interesse da rainha da Inglaterra pela Bíblia Sagrada

Ronald and Nancy Reagan convidaram Billy Graham para se encontrar com a Rainha Elizabeth in San Francisco em 1983. 

 

     Billy Graham e a rainha Elizabeth II desenvolveram amizade por longos anos, e os encontros de fé que tiveram foram registados no livro do evangelista intitulado “Just As I Am” (Tal como sou).

     A rainha, que morreu recentemente em 08 de setembro com 96 anos de idade, recebeu Graham e a esposa dele Ruth em Londres, onde a Associação Evangelística de Billy tem uma base forte e desenvolvida ministerialmente.

     “Ninguém na Grã-Bretanha foi mais cordial connosco do que Sua Majestade a Rainha Elizabeth II”, escreveu Billy Graham na sua autobiografia

      “Quase todas as ocasiões em que estive com ela foram num ambiente acolhedor e informal, como um almoço ou jantar, sozinho ou com alguns membros da família ou outros amigos íntimos,” continuou.

     Billy Graham faleceu em 21 de fevereiro de 2018, mas antes registou algumas histórias sobre a rainha no seu livro autobiográfico.

     Graham disse que a monarca não pôde apoiar abertamente as reuniões da Cruzada, mas isso por conta da sua posição.

     Mas ao nos receber e me fazer pregar em várias ocasiões à família real em Windsor e Sandringham, ela esforçou-se por apoiar silenciosamente a nossa missão”, revelou.

     Além disso, Billy contou que ele e a esposa viram a rainha a desempenhar atividades informais.

     “Ao visitar a família real em Sandringham, em 1984, Ruth e eu passámos por uma mulher que vestia uma velha capa de chuva, botas de borracha e um cachecol; ela estava inclinada para preparar comida para os cachorros. A princípio pensámos que ela era uma das governantas, mas quando ela se endireitou, vimos que era a Rainha!” relembrou.

     Graham disse também, que a rainha tinha muito interesse pela Bíblia.

     “Depois de pregar em Windsor num domingo, eu estava sentado ao lado da rainha, ao almoço. Eu disse-lhe  a ela que estava indeciso até o último minuto sobre a minha escolha de sermão e quase preguei sobre a cura do homem aleijado em João 5”, escreveu.

     “Eu gostaria que pregasse! Essa é minha história favorita,” exclamou a rainha.

     De acordo Billy Graham, a razão pela qual a Rainha Elizabeth II tinha interesse espiritual foi por causa da “fé calorosa da sua mãe, Sua Majestade a Rainha Elizabeth, a Rainha Mãe.”

     “A primeira vez que estivemos com ela foi na Clarence House, a sua residência em Londres. Ela convidou Ruth e eu para um café e, quando chegámos, ela cumprimentou-nos calorosamente e apresentou-nos à princesa Margaret. Ficámos ali cerca de uma hora e, em cinco minutos, sentindo-nos relaxados porque ambos foram muito gentis”, lembrou Graham.

     “Lembro-me de como fiquei nervoso na primeira vez que preguei em Windsor, e depois fomos ao alojamento da rainha-mãe para uma pequena receção. Eu estava a conversar com ela e a princesa Margaret, quando nos ofereceram bebidas. A rainha-mãe viu-me hesitar um pouco e imediatamente disse: ‘Acho que vou tomar suco de tomate’. Eu disse que queria o mesmo. Acredito que ela percebeu que eu provavelmente não tomaria nenhuma bebida alcoólica e agiu instantaneamente para evitar qualquer desconforto da minha parte,” contou.

     “Mas, mais do que tudo, a rainha-mãe sempre me impressionou pela sua fé tranquila, mas firme”, escreveu.

     “A última vez que preguei em Windsor, quando entrei, vi-a sentada à minha direita, com outros membros da família real. Ela deliberadamente chamou a minha atenção e gesticulou levemente para que eu soubesse que ela estava a apoiar-me e a orar por mim,” relembrou.

     Frank Graham, filho de Billy Graham relembrou fatos protagonizados pela rainha que o marcaram, especialmente no falecimento do seu pai:

     “Quando o meu pai, Billy Graham, faleceu há quatro anos, tive a honra de receber uma carta de condolências de Sua Majestade a Rainha Elizabeth II. Apreciei a amizade entre a rainha e o meu pai porque foi construída sobre um amor manifestado por Jesus Cristo e a fé na Palavra de Deus,” disse.

     “A rainha e o meu pai estavam ambos comprometidos com Cristo, mas viviam a milhares de quilómetros um do outro. Parecia improvável que o menino da fazenda da Carolina do Norte conhecesse Sua Majestade, mas quando Deus os reuniu, uma amizade única foi formada”, disse Franklin Graham.

- in Gospel Prime



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

 

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário