• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Armando Santos 26JUN22
Noites longas

Tema abordado por Armando Santos em 26 de junho de 2022

Carlos Oliveira 24JUN22
O que é a verdade?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de junho de 2022

Dario Botas 19JUN22
Esperança terrena vs celestial (Tessal.)

Tema abordado por Dário Botas em 19 de junho de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:12 em 29 de junho de 2022

 
ver mais
 

21-06-2022 - Estado Islâmico assume responsabilidade por ataques a aldeias cristãs em Moçambique

Cristãos em Moçambique. 

    

     O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade por uma série de ataques nas aldeias cristãs de Moçambique que deixaram oito pessoas mortas, inclusive por decapitação, e várias casas queimadas.

     Os ataques ocorreram em seis aldeias cristãs em Cabo Delgado, província mais ao norte de Moçambique, entre 23 e 31 de maio.

     Mais tarde, o grupo terrorista divulgou fotos de seis corpos decapitados e imagens das aldeias queimadas, segundo relatórios do órgão de vigilância de perseguição com sede nos EUA, International Christian Concern (ICC).

      Quatro dos que foram assassinados eram Cristãos, segundo o ICC, que acrescentou que o Estado Islâmico e os seus grupos afiliados mataram ou deslocaram milhares de cristãos em Moçambique.

     Uma nova onda de ataques violentos atingiu também o distrito de Ancuabe, em Cabo Delgado, entre 2 e 9 de junho, provocando o deslocamento de cerca de 10 mil pessoas, disse a Save the Children em comunicado, acrescentando que pelo menos quatro pessoas teriam sido decapitadas nesses ataques.

     Mais de 4.000 pessoas foram mortas e 800.000 forçadas a sair de suas casas desde outubro de 2017, quando uma guerra civil começou em Cabo Delgado, segundo a BBC, que observou que Cabo Delgado é rico em gás, rubis, grafite, ouro e outros recursos naturais, mas os lucros vão para uma elite do partido no poder, a Frelimo, e poucos empregos foram criados – uma situação que foi explorada pelo Estado Islâmico e pelos jihadistas.

     O número de crianças deslocadas pelo conflito em Cabo Delgado aumentou agora de 370 mil para mais de 400 mil, segundo o Ministério do Género, Criança e Bem-Estar Social, acrescentou a Save the Children.

     Em março de 2021, os EUA rotularam os insurgentes como ISIS-Moçambique e “terroristas globais”, e alguns acreditam que o EI e Washington podem estar a visar uma guerra por procuração naquele país.

     Pelo menos 24 países enviaram tropas para apoiar a luta contra os insurgentes em Moçambique, cujo exército foi acusado de ser corrupto e ter 7.000 “soldados fantasmas”, que recebem salários sem receber qualquer formação militar ou pisar uma unidade militar.

     “Em 2017, os insurgentes jihadistas começaram na província de Cabo-Delgado, conquistando alguns locais pelo facto de devolverem recursos aos aldeões do governo, e não matarem ninguém”, explicou o ICC. “Isso não durou, no entanto, quando o EI começou a incendiar aldeias cristãs e matar aqueles que moravam lá.”

     Em 13 de janeiro, o EI atacou a vila de Citate, incendiando 60 casas, e no dia seguinte, mais 20 casas foram incendiadas naquela vila, queimando mais 200 casas na vila de Limwalamwala em 18 de janeiro, ICC disse.

- in The Christian Post

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

 

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário