• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 

06-07-2021 - Morre arqueóloga que trabalhava com a Bíblia numa mão e ferramentas na outra

Dr. Eilat Mazar, Queen of Jerusalem Archaeology, Has Died - Watch Jerusalem

 

     Morreu Eilat Mazar, arqueóloga Israelita, uma das principais pesquisadoras de Jerusalém, aos 64 anos. Ela descobriu o palácio do Rei Davi na Cidade de David e ficou conhecida como a arqueóloga que trabalhava com a Bíblia.

     “Trabalho com a Bíblia numa mão e as ferramentas de escavação na outra”, disse Eilat há tempos atrás. Arqueóloga de campo, académica e palestrante do Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica em Jerusalém, o legado da pesquisadora está a ser lembrado na comunidade internacional.

     “Como arqueóloga e ser humano, ela era profundamente apaixonada e compassiva”, lembrou Etgar Lefkovits, jornalista do The Jerusalem Post. “Amante da história e da arqueologia e uma patriota ardente, seu rosto brilhava com luz e seus olhos cintilavam conforme ela detalhava séculos passados, e fazia o trabalho de conectar os pontos que são a arqueologia”, acrescentou.

     As descobertas de Mazar incluem alguns dos artefactos mais antigos conhecidos na cidade antiga, que datam dos séculos 12 e 11 A.C., e ela viu-os como evidências cientificamente escavadas da monarquia bíblica unificada, segundo informações do portal The Christian Post.

     O seu trabalho, por vezes, oferecia uma interpretação da qual os seus colegas académicos discordavam, especialmente a estrutura que ela escavou em 2005 na Cidade de David, que é considerada o palácio do Rei David: “Forte como a rocha que ela peneirou, ela seguiu em frente sem se deixar abater pelas suas críticas e animada pelo seu espírito. Ela e a história estavam interligadas como uma”, descreveu Lefkovits.

     Eilat Mazar não se envergonhava de reconhecer as Escrituras como um documento confiável: “A Bíblia é a fonte histórica mais importante e, portanto, merece atenção especial”, costumava dizer.

     Depois de descobrir a cidade de David, Mazar também encontrou secções das paredes do rei Salomão, selos de argila pertencentes ao rei Ezequias e possivelmente ao profeta Isaías.

     Em 2018, Mazar escreveu num artigo na revista Biblical Archaeology Review intitulado “Is This the Prophet Isaiah’s Signature?” (“Seria este o selo do profeta Isaías?”) sobre uma antiga escrita hebraica encontrada num selo oval de meia polegada de argila, datado do século VIII A.C., poderia pertencer ao profeta Isaías.

     O livro de Isaías no Antigo Testamento descreve as profecias sobre a vinda do Messias centenas de anos antes de Jesus Cristo nascer, com o apóstolo Mateus citando Isaías mais tarde no Novo Testamento ao falar sobre o ministério de João Batista.

     O pedaço de argila, também chamado de bula, foi um dos 34 de seu tipo originalmente encontrados durante as escavações de Ophel na parede sul do Monte do Templo de Jerusalém em 2009. As peças foram encontradas em fossas de lixo da Idade do Ferro, originalmente localizadas fora dos muros.

     Quando criança, Mazar costumava acompanhar seu avô, o professor Benjamin Mazar, nas suas escavações na Jerusalém antiga, particularmente na Cidade de David e na área do Arco de Robinson, perto do Muro das Lamentações.

     Mazar falou sobre a historicidade do texto bíblico ser um projeto para a sua escavação arqueológica académica: “Uma das muitas coisas que aprendi com o meu avô foi como me relacionar com o texto bíblico: debruce-se repetidamente sobre ele, pois contém descrições da genuína realidade histórica”, escreveu Mazar num artigo de 2006 da Biblical Archaeology Review.

     “Não é uma questão simples diferenciar as camadas de fontes textuais que foram empilhadas umas sobre as outras ao longo das gerações; nem sempre temos as ferramentas para fazer isso. Mas é claro que ocultos no texto bíblico estão grãos de verdades históricas detalhadas”, reiterou a arqueóloga na ocasião.

 

- in Gospel +

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário