Maria é a "Mãe da Igreja"?

Shawn Brasseaux

     “Ora Jesus, vendo ali Sua mãe, e que o discípulo a quem Ele amava estava presente, disse a Sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.

     “Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa” (João 19:26,27).

     Este texto das Escrituras ensina que Maria, a mãe do Senhor Jesus Cristo, é "a mãe da Igreja?"

     A adoração de deusas pagãs era comum no Império Romano, quando o Cristianismo se espalhou durante os primeiros séculos. Assim, líderes "cristãos", esperando atrair seguidores pagãos, adotaram dissimuladamente práticas e ensinamentos pagãos. Um destes comprometimentos da verdade foi dar a Maria, mãe do Senhor Jesus Cristo, proeminência antibíblica. A religião pegou na humilde Maria (Lucas 1:46-55) e exaltou-a a uma posição profana de deusa (hoje, ela é chamada de "rainha do céu", título que pertence a uma deusa pagã; Jeremias 44:15-28).

     Maria não é a mãe de nenhuma igreja nas Escrituras, e certamente não é mãe da Igreja o Corpo de Cristo. O Corpo de Cristo não existia antes de Atos capítulo 9 (veja 1 Timóteo 1:15,16), bem depois do texto acima. (A "igreja" existente aquando do texto acima, era a Igreja Messiânica, em que os judeus confiavam no Senhor Jesus Cristo como Messias; Mateus 16:16-19).

     Notemos no texto bíblico acima que o Senhor Jesus Cristo (agora crucificado) está falar a um indivíduo, não a um grupo: Maria não é "mãe" de todos, mas de um certo discípulo (supostamente o apóstolo João, "o apóstolo a quem Jesus amava"). Note que "tua mãe" utiliza a segunda pessoa do pronome singular; o Senhor Jesus Cristo não disse: "vossa mãe" (a segunda pessoa do plural "vossa" indicaria que Ele estaria a falar a um grupo).

     José, evidentemente, teria morrido algum tempo antes. O Senhor Jesus Cristo é o filho mais velho de Maria, mas estava a morrer. Maria precisaria de um homem para cuidar dela (no mundo antigo, as mulheres sós sem autoridade masculina não teria nenhum rendimento, sendo muitas vezes forçadas a se prostituir). Nesta altura, nenhum dos meio-irmãos ou meias-irmãs do Senhor Jesus Cristo são crentes, por isso o Senhor Jesus Cristo indica um discípulo (João?) para cuidar de Maria. Como é simples!

     O próprio Deus declara que Maria não é nossa mãe. Isso é uma heresia e superstição pagã, não Bíblica.

- Shawn Brasseaux

Sermões e Estudos

José Carvalho
Hoje

Sermão proferido por José Carvalho em 13 de outubro de 2019

Jonas Pinho
A solidão do desespero

Sermão proferido por Jonas Pinho em 06 de outubro de 2019

Dário Botas
Seminário, ou Igreja?

Sermão proferido por Dário Botas em 29 de setembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:20 em 09 de outubro de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário