No corpo de Cristo toda a gente é alguém

 Kevin 1 1024x576

 

     “Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo? Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? ”(1 Coríntios 12:14-19).

     Esses versículos de 1 Coríntios 12 ensinam que todo e qualquer membro do Corpo de Cristo é de vital importância. Ninguém é ninguém. Toda a gente é alguém. Cada um tem um papel essencial.

     Muitos dos crentes coríntios não estavam felizes com os seus dons, e muitos na igreja queriam um dom que outro tivesse. Paulo diz que “o Corpo não é um membro”. Isto é, nós simplesmente não podemos todos manter a mesma posição no Corpo. Deus agraciou pessoas diferentes com habilidades diferentes, e Deus, na Sua sabedoria e soberania, colocou cada um de nós no Corpo, onde somos mais úteis para Ele: “Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis” (v. 18).

     Os membros “honrosos” / “menos decorosos” e “decorosos” / “menos honrosos” (v. 23) aos quais Paulo se refere são do ponto de vista do homem (“o que parece”, v. 22; “o que pensamos”, v 23). Do ponto de vista de Deus, todos os membros do Corpo de Cristo são importantes e necessários.

     “Sir Michael Costa, o célebre maestro, estava realizando um ensaio. Enquanto o poderoso coro tocava, acompanhado por vários instrumentos, o flautim - uma pequena flauta - pensando talvez que a sua contribuição não se notaria no meio de tanta música, parou de tocar.

     “De repente, o grande líder parou e gritou: 'Onde está o flautim?' “O som daquele pequeno instrumento era necessário para a harmonia, e o maestro sentiu a sua falta quando deixou de tocar. O ponto? Para o maestro, não há instrumentos insignificantes numa orquestra. Às vezes, o menor e aparentemente menos importante pode dar a maior contribuição. Mesmo que não pareça fazer uma diferença tão grande para o público em geral, o regente nota logo!

     “Na igreja, os atores e os instrumentos são diversos - tamanhos diferentes, formas diferentes, notas diferentes, papéis diferentes para interpretar. Como o flautista da orquestra de Sir Michael, muitas vezes, na nossa própria soberania, decidimos que a nossa contribuição não é significativa. A nossa contribuição não poderia fazer a diferença, então deixamos de atuar, deixamos de fazer o que nos foi dado fazer. Desistimos, mas o Maestro nota logo. Na nossa perspetiva, a nossa contribuição pode ser pequena; mas na d’Ele, é crucial.

     “Eu só tenho que crer que estou a falar com alguns executantes de flautim que abandonaram a orquestra por qualquer motivo: dor, exaustão, insegurança, críticas, preguiça, mau comportamento. Convencido de que sua contribuição não significa nada no conjunto das coisas, enterrou o seu talento.”

     É o que Paulo diz nos versos 15,16; Parafraseando, "Deve o pé reclamar que ele é apenas um pé e não uma mão, ou o ouvido que ele não é o olho?" Isto é, o pé é uma parte do corpo, o ouvido é uma parte do corpo e ambos são necessários. Para um corpo ser um corpo, ele deve ter diferentes partes e diversos membros. Da mesma forma, como membros do Corpo de Cristo, temos funções específicas a desempenhar. O nosso propósito na vida deve ser desempenhar as nossas funções separadas da melhor maneira que pudermos, e na Sua força para a glória de Deus.

     Deus não quer que tenhamos inveja dos dons e posições de outras pessoas no Corpo de Cristo, e Ele também não quer que julguemos outros que possam ter um dom diferente. Alguns são guerreiros de oração, outros são evangelistas, outros ainda são professores, ainda outros são pastores, uns dão, outros governam, uns mostram misericórdia e compaixão, outros ministram cuidando dos pobres, cuidando dos doentes, ou cuidando da igreja local. Não somos todos olhos, nem mãos nem pés e nem todos somos ouvidos. Se fôssemos todos a mesma parte do Corpo, como o olho, Paulo diz no versículo 17, então como ouviríamos, e se fôssemos todos ouvidos, como sentiríamos o cheiro? Por outras palavras, se todos nós tivéssemos a mesma posição no Corpo, como o Corpo funcionaria? Como nós ministraríamos? Não seria nem mesmo um Corpo, como o versículo 19 mostra.

     A diversidade no Corpo permite que a Igreja de Cristo alcance mais pessoas, ajude mais pessoas, ministre a mais pessoas. A Igreja é mais eficaz com os seus membros realizando fielmente os diferentes ministérios para os quais Deus os chamou.

- KevinSadler

Sermões e Estudos

Fernando Quental 11NOV18 1
Todo?!

Sermão proferido por Fernando Quental em 11 de novembrode 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:7 em 14 de novembro de 2018

David Gomes 04NOV18
As coisas que não são

Sermão proferido por David Gomes em 04 de novembrode 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:6 em 07 de novembro de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário