Faraday e o culto de oração

«Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações, e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima» (Heb. 10:25).

Michael Faraday, grande cientista britânico que fez várias descobertas importantes no campo do magnetismo, era um cristão sincero que achava ser mais importante assistir aos cultos da sua igreja do que assistir a qualquer outra reunião. Numa dessas "outras" reuniões, ele pôs o auditório boquiaberto com a demonstração das propriedades do imã. Encerrou a palestra com uma experiência tão inédita, fascinante e impressionante, que por algum tempo o salão empolgou-se com entusiásticos aplausos.

Quando as palmas diminuíram, o Príncipe de Gales pôs-se de pé e propôs um brinde a Faraday, mas o grande homem já não estava ali para o receber. Finalmente, um dos assistentes de Faraday levantou-se e explicou que o físico havia saído para um culto de oração numa pequena igreja (uma congregação que não contava com mais de 20 crentes), onde Faraday era ancião.

Que exemplo de assiduidade aos cultos de oração! Que testemunho a favor de Cristo!

Tem-se declarado que a saúde espiritual de uma igreja pode ser acuradamente avaliada com base na frequência aos cultos de oração. Se isso é verdade, igrejas com pouca assistência estão às portas da morte espiritual, e outras que já desistiram completamente dessas reuniões podem ter morrido.

Que pode o leitor fazer, que podemos nós fazer para despertar os cristãos dessa letargia mortal? Que podemos nós fazer para consolidar «o resto que estava para morrer»? (Apoc. 3:2).

O versículo de topo sugere que o maior motivo para a fiel assistência aos cultos da igreja é o facto de que «o dia» da vinda de Cristo «está agora mais perto do que quando no princípio cremos. Vai alta a noite e vem chegando o dia» (Rom. 13:11 e 12).

Face à proximidade da vinda de Cristo e da admoestação para que sejamos fiéis na frequência à igreja, quão incoerente seria da nossa parte professar a crença no segundo advento enquanto nos descuidamos da assistência aos cultos!

Sermões e Estudos

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Carlos Oliveira
O peso do pecado

Tema abordado por Carlos Oliveira em 17 de setembro de 2021

Dário Botas
Qual a tua motivação (Parte II)

Tema abordado por Dário Botas em 10 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 15 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário