II Tessalonicenses 2:1-3 (2)

crstam.jpgNENHUMA ESCRITURA?

     Um professor bíblico, Henry T. Hudson, declarou que "não há um versículo sequer nas Escrituras que explicitamente afirme que o arrebatamento da Igreja é antes da Tribulação." 3

    Mas porque havia de haver? Não, "não há um versículo sequer nas Escrituras que explicitamente afirme" que o nosso Senhor foi baptizado antes da Sua tentação pelo diabo, ou que Ele foi coroado com espinhos antes de ser crucificado, ou que o baptismo na água não está mais incluído no programa de Deus para os crentes, ou que Deus é uma Trindade. Mesmo assim, há abundantes provas nas Escrituras para todas estas coisas e o irmão mencionado acima aceita todas elas como sendo a verdade da Palavra de Deus.

     Há algum tempo atrás, um dos amigos do autor, "pós-tribulacionista" escreveu-lhe o seguinte:

     "A grande tribulação não é agradável de se desejar – isto é um facto (Dn.12:1; Mt.24:21-22). Mas à luz de [uma série de passagens das Escrituras] sei pela graça e força do Senhor, que posso suportar as maiores torturas ou a morte mais horrível. Talvez irmão, um dia eu seja chamado a provar a minha palavra. Só Deus sabe. Apenas posso descansar n’Ele (II Tm.1:7). Paulo passou por muitas coisas, como os crentes do primeiro século também passaram. Para aqueles indivíduos, torturados e mortos, a dor que sofreram não poderia ser pior do a que os santos sofrerão individualmente na grande tribulação. Graças a Deus pela nossa grande e gloriosa esperança, I Tm.1:1."

     Como isto é triste face aos seguintes três factos:

1) Paulo, ao falar do Arrebatamento, nunca diz uma palavra para preparar os santos para os horrores da Tribulação. Podemos ter a certeza de que ele teria feito isto se eles precisassem de suportar os pavores da Tribulação antes de serem arrebatados para estarem com Cristo.

2) O nosso Senhor, falando aos Seus seguidores do "reino", falou-lhes muito sobre a Tribulação vindoura, mas não disse uma palavra sequer sobre eles serem "arrebatados" para encontrá-Lo nos ares.

3) Deste modo, o arrebatamento dos crentes para estarem com Cristo é distintamente a esperança do Corpo de Cristo, pela qual Paulo, repetidamente, nos encoraja a estarmos "aguardando" e "esperando", encorajando-nos uns aos outros na antecipação desta "bem-aventurada esperança" (Tt.2:13).

     Mas espere! Sem dúvida alguma existe uma passagem abençoada nas Escrituras que "explicitamente afirma" que o Arrebatamento precederá a Tribulação. Encontra-se em II Ts.2:3 –

     "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia [ou, partida, Gr. hee apostasia], e se manifestar o homem do pecado, o filho da perdição."


3 Henry T. Hudson, no livro Reexaminando a Doutrina da Pré-Tribulação, Pg. 2.

Cornelius R. Stam
Comentário Sobre as Epístolas de Paulo aos Tessalonicenses


Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário