I Tessalonicenses 4:13-18 (23)

crstam.jpgUM PROBLEMA

     Aqueles que ensinam que o Arrebatamento não acontecerá senão depois da Tribulação argumentam, é claro, que a vinda de Cristo para Sua Igreja não pode ser iminente; que não devemos estar a vigiar e a esperar que Ele nos leve a qualquer momento. Seguindo este raciocínio, Tito e os crentes em Corinto, Tessalónica e Filipos, também não deveriam estar è espera do Senhor, porque de acordo com o argumento "pós-tribulação" o Senhor não podia – e não pode – vir para levar a Igreja antes da Tribulação terminar.

     Mas os da "pós-tribulacionistas" argumentam ainda que "eventos que consomiam tempo" na vida de Paulo indicam que os crentes naquela época não podiam estar à espera, legitimamente, pela vinda do Senhor para eles. Talvez as passagens mais notáveis nesta linha de pensamento sejam aquelas em que o Senhor disse a Paulo:

     "Paulo, tem ânimo; porque, de mim testificastes em Jerusalém, assim importa que testifiques em Roma" (At. 23:11).

     "Paulo, não temas; importa que sejas apresentado a César..." (At.27:24).

     Como, interrogam, Paulo podia estar à espera do Arrebatamento a qualquer momento quando o Senhor o tinha explicitamente informado que chegaria a Roma e seria apresentado a César?

Cornelius R. Stam
Comentário Sobre as Epístolas de Paulo aos Tessalonicenses


Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário