• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

José Carvalho
Abigail

Tema abordado por José Carvalho em 20 de junho de 2021

Carlos Oliveira
A tragédia da imoralidade

Tema abordado por Carlos Oliveira em 18 de junho de 2021

Fernando Quental
O primeiro de muitos dias

Tema abordado por Fernando Quental em 13 de junho de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:24,25 em 23 de junho de 2021

 
ver mais
 

20-SET-07 - Centro dos Não-alcançados do Mundo Situa-se na Índia

Segundo uma reportagem levada a cabo pelo website Cristão de notícias www.christianpost.com, a Índia é o centro estatístico de gravidade para a população que nunca ouviu falar de Jesus Cristo, relatou um ilustre perito sobre Cristianismo global. O termo demográfico “centro estatístico de gravidade” significa que há um igual número de pessoas ou tipo de pessoas para o norte, sul, este e oeste de um ponto específico, que no caso das pessoas não-alcançadas se situa na Índia. 

Para o Cristianismo, o centro estatístico de gravidade situa-se no Mali e está a deslocar-se para a Nigéria.

“O que me impressiona é a enorme distância geográfica entre estes [Centros Cristãos e de não-alcançados], e também representa para mim uma distância cultural”, comentou o Dr. Todd Johnson, investigador e and director do Estudo do Cristianismo Global no Seminário Teológico Gordon-Conwell, em Boston.

Johnson disse isto na conferência da Sociedade International para a Missiologia de Fronteiras (ISFM), que decorreu entre 15-17 de Setembro em Dallas. O título da conferência este ano era a Índia: Pontos de Debate sobre a Missiologia Global.

“Para mim este quadro não é um simples pacote estatístico traçado”, assinalou Johnson, “Mas há aqui algo que nos fala sobre este hiato [entre centros de Cristão e de não-alcançados].”

O antigo editor do Jornal International de Missiologia de Fronteiras, publicado pelo ISFM, salientou que a falta de contacto entre Cristãos e não-Cristãos é uma “séria lacuna” na responsabilidade bíblica.

 “Os Cristãos têm de saber viver e conhecer e escutar e trabalhar entre todas as pessoas do mundo,” enfatizou o perito da igreja global.

Johnson destacou as várias estatísticas que sublinham o grande potencial para se alcançar os não-Cristãos, e o fracasso dos crentes na comunicação das Boas Novas às pessoas de outras fés.

Ele apontou como:

• Pesquisas indicam que as pessoas que mais reagem positivamente ao Cristianismo são os Hindus, Muçulmanos e Budistas;
• A maior parte dos Cristãos nunca alcançam os não-Cristãos – mais de 90 por cento de todo o evangelismo Cristão incide sobre outros Cristãos; e
• 86% dos Hindus, Muçulmanos e Budistas do mundo não conhecem pessoalmente um Cristão.
“Penso que é uma ironia interessante o facto de Deus ter preparado as pessoas para a mensagem do Evangelho, mas tendemos a ser lentos em contactar e a ser testemunhas incarnacionais entre estas pessoas,” concluiu Johnson.

Outros oradores na conferência incluíram o Dr. Ralph D. Winter, fundador do Centro Amaericano para as Missões Mundiais e do ISFM; Herb Hoefer, antigo missionário na Índia durante quase 20 anos; e Jim Slack, analista do evangelismo global e do crescimento da igreja.

A missão fronteiras é uma área da missiologia que visa alcançar as pessoas com menos acesso ao Evangelho Cristão. Estratégias inovadoras e missão de precisão são características deste campo de missão.

Imitemos Paulo:

"... Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns" (1 Coríntios 9:22).

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário