• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 25SET22
Simeão II

Tema abordado por Carlos Oliveira em 25 de setembro de 2022

Carlos Oliveira 23SET22
A serenidade da fé

Tema abordado por Carlos Oliveira em 23 de setembro de 2022

Fernando Quental 18SET22
Ser ou estar feliz

Tema abordado por Fernando Quental em 18 de setembro de 2022

Estudo Bíblico
Colossenses 4:15

Estudo realizado em 21 de setembro de 2022

 
ver mais
 

23-09-2022 - Nova vitória na Justiça da fotógrafa cristã que recusou trabalhar em cerimónia LGBT

nova vitória de fotógrafa cristã que recusou festa – IEUA

 

     Uma fotógrafa cristã que vem sendo perseguida pelas autoridades da sua cidade desde que rejeitou prestar serviço numa cerimónia LGBT alcançou uma nova vitória na Justiça.

     Chelsey Nelson já havia vencido um processo por esse episódio em agosto de 2020, quando o juiz distrital decidiu que a cidade de Louisville não poderia forçá-la a trabalhar em cerimónias de união entre pessoas do mesmo sexo porque a “Constituição não exige uma escolha entre os direitos dos homossexuais e a liberdade de expressão”.

     Agora, as autoridades de Louisville, a maior cidade do Kentucky (EUA), perderam novamente na Justiça, que decidiu que a fotógrafa cristã não pode ser punida por rejeitar fotografar cerimónias LGBT por conta de sua crença religiosa.

      De acordo com informações do portal , o juiz Benjamin Beaton, do distrito ocidental de Kentucky, decidiu que a cidade não poderia aplicar a sua lei de não discriminação contra LGBT para punir Chelsey Nelson, que é “motivada pela sua fé a celebrar o casamento como a união apenas de casais do sexo oposto”.

     O juiz Beaton, indicado ao cargo pelo ex-presidente Donald Trump, concedeu uma liminar e argumentou que a lei da cidade que impede a discriminação com base na orientação sexual viola os direitos de liberdade de expressão da fotógrafa cristã.

     Ele afirmou que, embora a cidade “possa exigir que restaurantes, hotéis e lojas forneçam serviços, independentemente das opiniões dos proprietários ou do estatuto legal dos seus clientes, o governo não pode forçar cantores, escritores ou fotógrafos a articular mensagens que não apoiam”.

     “A liberdade de expressão – especialmente para opiniões minoritárias – é uma premissa central de nossa república democrática. À medida que os sentimentos e a política predominantes mudaram ao longo dos anos, a proteção constitucional robusta para diferentes pontos de vista permaneceu fixa”, acrescentou o juiz Beaton.

     Na decisão, Beaton pontuou que “a Constituição dos Estados Unidos substitui a Portaria de Justiça de Louisville como uma questão de lei”, por uma questão hierárquica da legislação, e que por isso “este Tribunal proíbe a cidade de obrigar ou suprimir a fotografia e a escrita de Nelson”.

     Jonathan Scruggs, representante da entidade Alliance Defending Freedom, que defendeu a fotógrafa no caso, afirmou num comunicado que acredita que “fotógrafos e escritores como Chelsey devem ser livres para viver e trabalhar pacificamente de acordo com sua fé, sem medo de punição injusta pelo governo”.

     “O tribunal estava certo em interromper a aplicação da lei de Louisville contra Chelsey enquanto o seu caso avança. Ela serve a todos. Ela simplesmente não pode endossar ou participar de cerimónias às quais se opõe, e a cidade não tem o direito de eliminar o controle editorial que ela tem sobre suas próprias fotografias e blogs”, finalizou.

 

- in Voz dos Mártires

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

 

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário