• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Fernando Quental
Prevenção

Tema abordado por Fernando Quental em 28 de fevereiro de 2021

Carlos Oliveira
A certeza da fé

Tema abordado por Carlos Oliveira em 26 de fevereiro de 2021

Alberto Veríssimo
O valor da dor

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 21 de fevereiro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:18,19 em 24 de fevereiro de 2021

 
ver mais
 

18-01-2021 - Arqueólogos encontram sala do trono de Herodes, onde Salomé pediu a cabeça de João Batista

Local da sala do trono do rei Herodes Antipas em Maquero, na Jordânia, com o Mar Morto ao fundo. (Foto: Prof. Gyozo Voros)

 

Local da sala do trono do rei Herodes Antipas em Maquero, na Jordânia, com o Mar Morto ao fundo. (Foto: Prof. Gyozo Voros)

 

     A sala do trono onde Salomé dançou diante do rei Herodes Antipas, pedindo a cabeça de João Batista, foi descoberta em Maquero, uma colina fortificada situada na Jordânia, a 24 quilómetros do rio Jordão.

     A descoberta foi feita por arqueólogos durante o processo de reconstrução do palácio construído pelo pai de Antipas, Herodes I, segundo o jornal israelita Haaretz.

     A fortaleza de Maquero foi construída há mais de 2.000 anos, num penhasco com vista para o Mar Morto, nos dias do Segundo Templo em Jerusalém. De acordo com o Talmude, uma coletânea de textos rabínicos, a fumaça das ofertas do sacrifício podia ser vista subindo dos altares do Templo em Jerusalém por todo o caminho em Maquero.

     A colina fortificada foi originalmente construída pelo rei Asmoneus, Alexandre Janeu, por volta de 90 A.C., servindo como uma importante posição estratégica militar. No entanto, foi destruída pelo general de Pompeu, Aulo Gabínio em 57 A.C., passando a ser reconstruída por Herodes I em 30 A.C., servindo como uma base militar para controlar os territórios a leste do Jordão.

     Com a morte de Herodes, o Grande, a fortaleza foi passada para o seu filho, Herodes Antipas, que governou de 4 A.C. até 39 D.C. Foi nessa época que João Batista foi preso e decapitado em Maquero.

     Após a morte Antipas em 39 D.C., a fortificação ficou sob o comando de Herodes Agripa I até 44 D.C. Em seguida, ficou sob o controlo de Roma, até que, em 66 D.C., rebeldes judeus conquistaram a fortaleza durante a Primeira Revolta Judaica.

 


 

Projeto de reconstrução do Palácio de Herodes. (Foto: Prof. Gyozo Voros)

 

     A escavação arqueológica de Maquero foi iniciada em 1968 por Jerry Vardaman, então membro do Seminário Teológico Batista do Sul, e mais tarde diretor do Instituto de Arqueologia Cobb, da Universidade Estadual do Mississippi. 

     Dentro da área fortificada estão as ruínas do palácio herodiano, incluindo quartos, um grande pátio e um quarto de banho com fragmentos do mosaico do piso ainda remanescentes. 

     Mais abaixo, na encosta da colina, estão outras muralhas e torres, representando provavelmente a “cidade baixa”, sobre a qual o historiador Flávio Josefo escreveu. Há também um aqueduto que levava água para as cisternas da fortaleza. 

- in Haaretz

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário