• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Dário Botas
Não teimes, mas persevera

Tema abordado por Dário Botas em 20 de setembro de 2020

Carlos Oliveira
Os 10 Mandamentos salvam?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 18 de setembro de 2020

José Carvalho
Abraão, construtor de altares

Tema abordado por José Carvalho em 13 de setembro de 2020

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:13 em 23 de setembro de 2020

 
ver mais
 

16-09-2020 - Através de carta, Cristãos perseguidos na China dizem que evangelizaram “os guardas”

Os Cristãos têm sido muito perseguidos na China

 

     A perseguição religiosa na China não é suficiente para impedir a proclamação do Evangelho de Jesus Cristo. Essa é uma realidade comprovada pela história, visto que durante milénios os Cristãos foram e ainda são perseguidos, enquanto a Palavra de Deus avança.

     Na China, país controlado pelo Partido Comunista, uma carta que caiu nas redes sociais do país revelaram que mesmo presos, os Cristãos encontram um meio de anunciar a fé em Jesus, incluindo a necessidade espiritual dos próprios guardas que vigiam os detidos.

     “Às vezes eles viam os guardas parados ao lado da lata do lixo para comer, picados por mosquitos no verão e quase congelados no inverno … O casal sentia compaixão. Às vezes eles entregam hinos aos guardas, às vezes dão comida, às vezes a Bíblia … É assim que os cristãos expressam o seu amor…”, diz o documento, segundo a CSW.

     A autoria da carta é atribuída a Zhou, crente numa igreja cujo nome verdadeiro e o do Cristão foram ocultados, obviamente, por motivos de segurança. No seu testemunho por escrito, o Cristão cita o exemplo de Jesus como suporte no enfrentamento de toda a perseguição.

     “Jesus foi interrogado, condenado, açoitado, provocado, desprezado e zombado, e finalmente crucificado, morreu e foi sepultado … Se não fosse por acreditar em Deus, não teríamos alegria, paz, paciência e esperança diante de todos os tipos de humilhação, intimidação e sofrimento”, diz a carta.

     A carta é mais do que um relato sobre a vida dos Cristãos perseguidos na China. Ela é um exemplo do quanto os seguidores de Cristo estão dispostos a abdicar das suas vidas por amor ao Evangelho, e isso fica evidente quando expressam compaixão para com os guardas que vigiam as suas residências, templos e celas.

     No documento divulgado, Zhou faz uma comovente oração: “Senhor, oramos pela polícia [na China]. Senhor, Tu dás-lhes autoridade e poder - que eles os usem da maneira apropriada. Oramos para que lhes dês um coração reto e justo e os deixes trabalhar de acordo com as leis e regulamentos”.

- in Gospel +

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

 

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário