• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Alberto Veríssimo
Tempestade vivida

Sermão proferido por Alberto Veríssimo em 18 de agosto de 2019

Alberto Veríssimo
José, ou saber esperar em Deus

Reunião de Jovens por Alberto Veríssimo em 09 de agosto de 2019

Alberto Veríssimo
O bom é inimigo do ótimo

Sermão proferido em Oiã por Alberto Veríssimo em 08 de agosto de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:18 em 31 de julho de 2019

ver mais
 

05-04-2019 - Mais de metade das tribos indígenas na Amazónia têm missionários

Indios amazonicos recebendo Biblias no seu dialeto

 

     Desde as décadas de 1930 e 40, quando missionários estrangeiros passaram a entrar na Amazónia para resgatar idiomas indígenas, a mensagem de Jesus Cristo tem sido enraizada nas tribos da floresta, segundo um levantamento publicado pelo jornal O Globo.

     Das 340 etnias indígenas presentes na região, 182 (53,5%) têm presença de missionários cristãos bíblicos. Em 132 delas, os próprios índios participam da pregação, segundo um relatório de 2010 da Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB).

     Órgãos oficiais, como a Fundação Nacional do Índio (Funai), não têm estimativas sobre a quantidade de missionários atuantes nas tribos.

      Junio Esllei Martins de Oliveira, coordenador geral da ONG Instituto Kabu, que representa 12 aldeias caiapós no Pará, estima que, entre os 1.700 caiapós que habitam as aldeias, 30% converteram-se ao Cristianismo.

     Esllei foi destacado pela reportagem como um dos críticos à entrada de missionários nas tribos. “É uma ocupação desordenada”, classificou. “Às vezes as missões condenam aspetos da nossa cultura, como o canto, a dança e a figura do pajé”.

     A percentagem de indígenas que se declaram Cristãos bíblicos saltou de 14% em 1991 para 25% em 2010, acima dos brasileiros em geral, segundo o IBGE. Em 2018, uma pesquisa Datafolha indicou uma proporção de 32%.

     As missões levam às aldeias serviços de educação e saúde , além de ajudar a preservar a língua e a cultura desses povos, muitas vezes já prejudicadas pelo contacto com as cidades.

     “Eu sempre fui e continuo a ser índio, vivendo da mesma forma”, disse o pregador Jonas Reginaldo, que é líder há 34 anos na igreja da aldeia Limão Verde (a 2h30 de Campo Grande). “Apresentar o Evangelho é um risco para a sociedade indígena, mas ter uma antena parabólica, não?”, questiona o pregador Edimar.

     “Na cultura indígena, o Evangelho vem para valorizar a pessoa, tirar coisas que entraram de fora como o álcool e as drogas e reforçar a cultura inicial, que é de uma família bem estabelecida”, esclareceu o pregador Juliano Modolo.

- in Guia-me

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário