Espírito de santificação

Único, admirável, adorável, o que Deus fez por nós, em Cristo

 

     “… Seu Filho [Jesus Cristo] …declarado Filho de Deus … segundo o espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos …” (Rom. 1:3,4).

     O que significa que a ressurreição do Senhor O declarava ser o Filho de Deus segundo o espírito de santificação? Bem, já ouviu dizer que há uma diferença entre a letra da lei e o espírito da lei? Quando conduz a 91 km por hora numa zona onde a velocidade limite é de 90 km por hora, está a violar a letra da lei, mas não está a violar o espírito da lei. O espírito da lei é conduzir com segurança e responsabilidade. É por isso que a maioria dos agentes da polícia não multam o condutor que exceder a velocidade limite em 1 km por hora.

     A letra da lei de santificação está bem expressa em Provérbios 17:15: 

     "O que justifica o ímpio, e o que condena o justo, abomináveis são para o Senhor, tanto um como o outro." 

     Mas não foi isso o que Deus fez na cruz, quando Ele condenou "o Justo" (Atos 22:14) e justificou os pecadores ímpios como nós? Ao fazê-lo, Ele certamente violou a letra da lei de santidade. 

     Ou não violou? Para aqueles que argumentam que Deus não estava a agir de acordo com a lei de santidade, nós respondemos que, quando Deus, o Pai, tomou os nossos pecados e os colocou sobre o Senhor Jesus Cristo no Calvário, Ele condenou justamente Aquele que foi feito ímpio (II Coríntios. 5:21). Então, quando cremos no Evangelho, Deus toma a Sua justiça e coloca-a sobre nós, o que Lhe permite justificar os que são feitos justiça de Deus em Cristo (II Coríntios. 5:21). A ressurreição de Cristo então provou que isto também foi feito em perfeito acordo com o espírito de santificação, pois o sacrifício de Cristo certamente satisfez as justas exigências da justiça de Deus.

     Contudo, se ainda não aceitou a Cristo como seu Salvador, Deus ainda não lhe atribuiu a justiça que está disponível apenas em Cristo. Falando do Senhor Jesus, o apóstolo Paulo diz: 

     "Em Quem temos a redenção pelo Seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da Sua graça" (Ef 1:7).

     O perdão dos pecados comprado pelo sangue de Cristo só está disponível n’Ele. Se não está em Cristo, ainda está "em ofensas e pecados" (Ef 2:1). "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo" (Atos 16:31).
 

- Ricky Kurth

Sermões e Estudos

Alberto Veríssimo
Escolhas e Decisões

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 17 de janeiro de 2021

Carlos Oliveira
Uma mensagem imoral - Parte I

Tema abordado por Carlos Oliveira em 15 de janeiro de 2021

Dário Botas
Andar por fé

Tema abordado por Dário Botas em 10 de janeiro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 3:17 em 20 de janeiro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário