Antigos noivos e noivas (1)

Noivado judeu

 

     A história do livro de Génesis gira em torno de sete grandes homens: Adão, Enoque, Noé, Abraão, Isaque, Jacó e José. Na medida em que a imagem de Cristo foi formada neles, nesse grau eles são homens típicos. Todos eles eram homens casados. Não nos é dito como três deles tiveram as suas esposas, mas tal é-nos dito acerca dos outros quatro. Cada um destes quatro recebeu a sua esposa através do sofrimento. Adão não sofreu realmente, mas tipicamente, e ele sofreu na capacidade de rei. Jacó sofreu como servo, Isaque como o filho unigénito de seu pai e José como homem inocente. Quão maravilhosamente tudo isso aponta para os quatro aspectos dos sofrimentos de Cristo, conforme apresentados nos Evangelhos. Em Mateus, vemos o nosso Senhor sofrer na capacidade de Rei; em Marcos, Ele sofre como Servo; em Lucas, como Homem perfeitamente impecável, e imaculado; e em João, Ele sofre como Filho Unigénito do Pai. O Seu próprio amor ditou a senda de trabalho e sofrimento, pois voluntariamente e com amor Ele pagou o preço da nossa redenção, na Sua morte expiatória no Calvário. Cristo amou a Igreja e deu-Se a Si mesmo por ela.

     Nas quatro noivas desses quatro homens, temos, tipicamente, quatro estágios progressivos na história da amada noiva de Cristo. “Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito”. Em Eva, a noiva é o objeto do amor eleito; em Raquel, o objeto do amor sofrido; em Rebeca, o objeto do amor sustentador; e Asenate foi o objeto do amor honroso. Cada passo em relação à noiva de Cristo, desde a sua eleição, até que ela reine na glória milenar e eterna, é progressivo, rumo ao seu glorioso destino com o seu Amado.

- Robert McClurkin

(Continua)

Estudar com propósito e prazer

pcg 1

 

     “A hora era tardia e a única luz que brilhava na pequena casa era na sala de jantar; o marido cristão, curvado sobre a Bíblia e os livros, estava na ponta da longa mesa. Ele era visto frequentemente naquela mesma postura, pois, como o salmista, ele poderia dizer: “Oh, como amo a Tua lei: é a minha meditação o dia todo”.

     Em outra parte da mesma cidade, numa biblioteca bem equipada, estava outro estudioso; ele também lia a Bíblia, mas, infelizmente, sujeitou-a à crítica textual. Ele também passava a maior parte do tempo a ler filosofias e preparando palestras sobre o avanço social. Teologicamente, ele era muito modernista nos seus pontos de vista.

Ler mais: Estudar com propósito e prazer

Como começar bem

3c2ffd 3356db8ca0e240f3b745671ac50decf3 mv2

 

     A corrida cristã tem sido comparada a um rapaz a aprender andar de bicicleta. Se ele conseguir um bom empurrão no começo, terá uma grande ajuda para continuar sem cair. Para aqueles que confiaram recentemente em Cristo, grande importância é colocada nos primeiros anos da sua formação, pois estes afetam toda a vida futura do crente.

     Uma pessoa fica impressionada com isto ao considerar o caso de Saulo de Tarso, que se levantou para se tornar no grande apóstolo Paulo, um vaso escolhido que se tornou numa poderosa influência na Igreja, cujo ministério escrito, inspirado pelo Espírito de Deus, tem sido de enorme importância inestimável para os santos ao longo dos séculos.

     O relato da sua conversão, feito em Atos 9, segue o padrão de Romanos 10:9: “Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus O ressuscitou dos mortos, serás salvo”.

Ler mais: Como começar bem

Sermões e Estudos

José Carvalho
Influenciados

Sermão proferido por José Carvalho em 14 de julho de 2019

David Gomes
Escapando de Emaús

Sermão proferido por David Gomes em 07 de julho de 2019

Carlos Oliveira
Maldição hereditária

Sermão proferido por Carlos Oliveira em 30 de junho de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:18 em 10 de julho de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário