Nimmukwallah

duke wellington 600

 

     Pouco depois do Duque de Wellington, Sir Arthur Wellsley, ter regressado da Índia, tendo contribuído para a captura de Seringapatam e ganho a vitória de Assaye, o mesmo foi nomeado para um comando comparativamente insignificante de uma brigada de infantaria, estacionada em Hastings. Um amigo expressou o seu espanto e surpresa: “Como é que um general que tinha conduzido tantos milhares à vitória podia ser colocado no comando de uma simples brigada?”

     Sir Arthur respondeu: “Eu sou um Nimmukwallah, como se diz no oriente, ou seja, eu comi o sal do Rei, e por isso concebi ser meu dever servir alegre e zelosamente sem qualquer hesitação quando e onde quer que o Rei ou o seu governo pensem adequado empregar-me”.

Ler mais: Nimmukwallah

Se esta vida fosse tudo

so aqui

 

     Já parou para pensar como passaria a sua vida se tivesse certeza de que não haveria nada além do túmulo? Se pudesse estar absolutamente certo de que não haveria ressurreição, que não haveria Céu ou Inferno, como usaria os anos restantes que pudesse ter na Terra?

     Obviamente concluiria que, porque esta seria a única vida que existe, deveria aproveitá-la e vivê-la ao máximo.

     Não pensaria em arrependimento para com Deus ou fé no Senhor Jesus Cristo, porque tal fé seria inútil se não houvesse ressurreição (1 Coríntios 15:17).

Ler mais: Se esta vida fosse tudo

As duas mesas

duas mesas 

 

     Em 1 Coríntios 10:21, temos a clara declaração de que “não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demónios”. Não diz “talvez não consigais”; é algo impossível de se fazer. Isto pode soar estranho, mas é a verdade de Deus e nada pode mudá-la.

     Para entender isso, precisamos estudar o contexto e, ao fazê-lo, certas coisas tornar-se-ão evidentes; devemos distinguir entre a mesa do Senhor e a ceia do Senhor. Na primeira, o filho de Deus deve sentar-se e festejar em espírito em todos os momentos: a última é uma ocasião em que mostramos isso de forma unida e visível.

     Outra coisa fica clara; o escritor tem o tema da tentação em mente e o capítulo lida com o facto dos filhos de Israel terem sido trazidos do Egito e cuidados por Deus, apesar de Deus não Se ter agradado da maioria deles, pois caíram no deserto.

Ler mais: As duas mesas

Sermões e Estudos

José Carvalho
Hoje

Sermão proferido por José Carvalho em 13 de outubro de 2019

Jonas Pinho
A solidão do desespero

Sermão proferido por Jonas Pinho em 06 de outubro de 2019

Dário Botas
Seminário, ou Igreja?

Sermão proferido por Dário Botas em 29 de setembro de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:20 em 09 de outubro de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário