A melhor resposta aos problemas

John Fredericksen

     Quando o rei da Assíria enviou uma carta ameaçadora e blasfema ao rei Ezequias, ele teve uma resposta exemplar para um crente em qualquer dispensação. Ele foi imediatamente ao Senhor em oração, estendendo literalmente a carta perante o Senhor. Ele começa por reconhecer a grandeza de Deus e a gravidade de sua situação. Então ele pede ao Senhor para intervir a favor de Judá. Mas a sua razão declarada não era apenas para que os seus fardos fossem removidos. Ele pede a libertação destes invasores para que todos os reinos da terra pudessem saber que só o Senhor é Deus (2 Reis 19:19). Por outras palavras, ele queria que Deus fosse glorificado e as almas perdidas atraídas a Jeová. Ao ler esta passagem, o estudioso é levado a perguntar: quanto mais eficaz seriam as nossas orações e quanto mais frequentemente elas seriam respondidas se este fosse o nosso verdadeiro motivo nas mesmas?

- John Fredericksen

Sermões e Estudos

José Carvalho
Herança

Tema abordado por José Carvalho em 25 de julho de 2021

Carlos Oliveira
Religiões de substituição

Tema abordado por Carlos Oliveira em 23 de julho de 2021

Fernando Quental
Paciência

Tema abordado por Fernando Quental em 18 de julho de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:1 em 21 de julho de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário