Oração de Billy Graham pelo Novo Ano

billy_graham_ora.jpg     Esta oração de Billy Graham, escrita para o "The Saturday Evening Post", em 2008, é igualmente relevante em 2011.

     Nosso Pai e nosso Deus, ao assomarmos à porta deste novo ano, confessamos a nossa necessidade da Tua presença e a Tua orientação para encararmos o futuro.

     Todos nós temos as nossas esperanças e expectativas para o ano que está à nossa frente - porém só Tu sabes o que ele nos reserva, e só Tu podes dar-nos a força e a sabedoria de que necessitamos para enfrentar os seus desafios. Assim ajuda-nos a colocar humildemente as nossas mãos na Tua mão, e a confiar em Ti e a buscar a Tua vontade para as nossas vidas durante este novo ano.

     No meio das incertezas da vida nos dias que se avizinham, assegura-nos a certeza do Teu amor imutável.

     No meio das inevitáveis desilusões e angústias da vida, ajuda-nos a voltarmo-nos para Ti com o fim de obtermos a estabilidade e o conforto de que precisamos.

     No meio das tentações da vida e da força da nossa vontade própria obstinada, ajuda-nos a não perdermos o nosso caminho, mas para termos a coragem de fazer o que está certo aos Teus olhos, independentemente do custo.

     E no meio das nossas preocupações e ocupações diárias, abre os nossos olhos para os sofrimentos e as injustiças do nosso mundo ferido, e ajuda-nos a responder com compaixão e sacrifício aos que estão desamparados e em necessidade. Que a nossa oração constante seja a do antigo Salmista: "Ensina-me, ó Senhor, o caminho dos Teus estatutos, e guardá-lo-ei até o fim" (Salmos 119:33).

     Pedimos-Te pela nossa nação e pelos seus dirigentes durante estes tempos difíceis, e por todos os que procuram trazer paz e justiça ao nosso mundo perigoso e atribulado. Pedimos especialmente a Tua protecção para todos aqueles que servem nas nossas Forças Armadas, e agradecemos-Te pelo seu compromisso de defender as nossas liberdades, mesmo com o custo das suas próprias vidas. Sê também com as suas famílias, e assegura-lhes o Teu amor e cuidado.

     Une a nossa nação dividida, e dá-nos uma visão maior do que queres que sejamos. A Tua Palavra lembra-nos que "Bem-aventurada [ou, felicíssima] é a nação cujo Deus é o Senhor" (Sl 33:12).

     Ao olharmos para trás ao longo do ano que passou, agradecemos-Te pela Tua bondade para connosco - muito para além do que nós merecíamos. Que nunca abusemos da Tua bondade passada ou nos esqueçamos de todas as Tuas misericórdias para connosco, mas que em vez disso, elas nos conduzam ao arrependimento, e a um novo compromisso de Te tornar no fundamento e centro das nossas vidas este ano.

     E assim, nosso Pai, agradecemos-Te pela promessa e esperança deste novo ano, e aguardamo-lo com expectação e fé. Peço-te isto no nome de nosso Senhor e Salvador, que pela Sua morte e ressurreição nos deu uma esperança, tanto para este mundo como para o mundo vindouro.

     Amém.

Sermões e Estudos

José Carvalho
Herança

Tema abordado por José Carvalho em 25 de julho de 2021

Carlos Oliveira
Religiões de substituição

Tema abordado por Carlos Oliveira em 23 de julho de 2021

Fernando Quental
Paciência

Tema abordado por Fernando Quental em 18 de julho de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:1 em 21 de julho de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário