Seitas

william_macdonald.jpg     “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (1 João 4:1).

     Vivemos dias em que as seitas se multiplicam com uma rapidez incrível. Na realidade não há novas seitas; elas são apenas variações de grupos heréticos que emanaram nos dias do Novo Testamento. É a sua variedade que é nova, não os seus princípios básicos.

     Quando João diz que devemos provar os espíritos, ele significa que devemos colocar à prova todos os ensinadores pela Palavra de Deus, para que possamos detectar os que são falsos. Há três áreas fundamentais em que as seitas se revelam como falsas. Nenhuma seita consegue passar todas estas três provas.

     As maiorias das seitas são fatalmente defeituosas no seu ensino a respeito da Bíblia. Elas não a aceitam como Palavra de Deus inerrante, a revelação final de Deus ao homem. Elas atribuem a mesma autoridade aos escritos dos seus próprios líderes. Alegam novas revelações do Senhor e orgulham-se de "uma nova verdade." Elas publicam a sua própria tradução das Escrituras, que torce e perverte a verdade. Elas aceitam a voz da tradição em pé de igualdade com a Bíblia. Elas manejam a Palavra de Deus enganosamente.

     A maioria das seitas são heréticas nos seus ensinamentos sobre o nosso Senhor. Elas negam que Ele é Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Elas podem admitir que Ele é o Filho de Deus, mas com isso, elas querem dizer algo menos do que igualdade com Deus, o Pai. Muitas vezes, elas negam que Jesus é o Cristo, ensinando que o Cristo é uma influência divina que veio sobre o homem Jesus. Muitas vezes, negam a verdadeira humanidade impecável do Salvador.

     Uma terceira área em que as seitas são condenadas é no que elas ensinam sobre o caminho da salvação. Eles negam que a salvação é apenas pela graça por meio da fé no Senhor Jesus. Cada uma delas ensina outro Evangelho, ou seja, a salvação pelas boas obras ou o bom carácter.

     Quando propagadores dessas seitas vêm à nossa porta, qual deve ser a nossa resposta? João não nos deixa nenhuma dúvida: "Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras" (2 João 10, 11). 

William MacDonald
One Day at a Time

Sermões e Estudos

Fernando Quental 16JAN22
Tribulação e tentação

Tema abordado por Fernando Quental em 16 de janeiro de 2022

Carlos Oliveira 14JAN21
Porque Deus permite a tragédia?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 14 de janeiro de 2022

David Gomes 09JAN21
A oração de Jesus

Tema abordado por David Gomes em 09 de janeiro de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:7 em 12 de janeiro de 2022

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário