Seja Alegre X

w_wiersbe_warren.jpg     PIONEIROS, PRECISAM-SE

     (Filipenses 1:12-26)

     Mais que qualquer outra coisa, o desejo de Paulo como missionário era pregar o Evangelho em Roma. Centro do grande império, Roma era a cidade chave do seu tempo. Se Paulo conseguisse ganhá-la para Cristo, isso significaria alcançar milhões com a mensagem da salvação. O facto era realmente importante na agenda de Paulo, pois ele afirmava: «Depois que houver estado ali (Jerusalém), importa-me ver também Roma» (Rom. 1:15)
.

     Paulo queria ir a Roma como pregador, mas em vez disso foi como prisioneiro! Podia ter escrito uma longa carta só a respeito dessa experiência, mas afinal resume tudo nestas palavras: «As coisas que me aconteceram» (Fil. 1:12). O relato dessas coisas aparece em Actos 21:17-28:31 e começa com a prisão ilegal de Paulo no templo de Jerusalém. Os judeus pensavam que ele havia profanado o seu templo ao entrar lá com Gentios, e os Romanos consideravam que se tratava dum egípcio renegado que fazia parte da sua lista de «mais procurados». Paulo tornou-se assim o ponto fulcral das conspirações política e religiosa e permaneceu como prisioneiro em Cesareia durante dois anos. Quando finalmente apelou para César (que era um privilégio de todo o cidadão Romano), foi enviado para Roma. Durante a viagem, o barco sofreu um naufrágio! O relato dessa tempestade e da coragem e fé de Paulo é um dos mais dramáticos da Bíblia (Actos 27). Após três meses de espera na ilha de Malta, o apóstolo embarcou finalmente para Roma e para o julgamento que havia requerido na presença de César.

     Para muitos, tudo isto teria parecido um fracasso, mas não para este homem que possuía uma «mente integral», preocupado com a comunicação de Cristo e do Evangelho. Paulo não baseava a sua alegria em circunstâncias ideais; encontrava-a, sim, em ganhar outros para Cristo. E, se as suas circunstâncias promoviam o avanço do Evangelho, era quanto bastava! A palavra proveito (usada em 1:12) significa «avanço pioneiro». Trata-se dum termo militar no Grego e refere-se aos engenheiros do exército que vão à frente das tropas abrir caminho para novos territórios. Em vez de se considerar limitado na sua condição de prisioneiro, Paulo descobriu que as circunstâncias que estava a atravessar lhe abriam, na realidade, novas áreas no ministério. (Toda a gente tem ouvido falar de Carlos Haddon Spurgeon, o famoso pregador britânico, mas poucos conhecem a história da sua esposa Susana, Logo no princípio da sua vida de casada, a senhora Spurgeon ficou inválida. Parecia que dali em diante o seu, único ministério seria o de animar o marido e orar pelo seu trabalho. Mas Deus deu-lhe a responsabilidade de partilhar os livros do seu marido com pastores que não tinham possibilidade de os comprar. Esse senso de missão levou em breve à organização do «Fundo do Livro». Sendo uma obra de fé, o «Fundo do Livro» equipou milhares de pastores com os instrumentos necessários para o seu trabalho. Tudo isso era feito sob a orientação da senhora Spurgeon, na sua casa. Tratava-se dum ministério pioneiro.

     Deus continua a desejar que os Seus filhos levem o Evangelho para novas áreas. Ele quer que nos tornemos pioneiros e por vezes arranja circunstâncias tais que nós não podemos ser outra coisa senão pioneiros. De facto, foi assim que o Evangelho chegou pela primeira vez a Filipos! Paulo havia tentado entrar noutro território, mas Deus fechou-lhe repetidamente a porta (Actos 16:6-10). O apóstolo queria levar a mensagem na direcção do leste, para a Ásia, mas Deus dirigiu-o no sentido do ocidente, para a Europa. Quão diferente seria a história da humanidade se Paulo tivesse podido prosseguir o seu plano!

     Deus usa por vezes instrumentos estranhos para nos ajudar como pioneiros do Evangelho. No caso de Paulo, houve três instrumentos que o ajudaram a levar o Evangelho mesmo para a guarda pretoriana, as tropas particulares de César: as suas prisões (vs. 12-14), os seus críticos (vs. 15-19), e a sua crise (vs. 20-26).   

Warren W. Wiersbe

Sermões e Estudos

David Gomes 26SET21
Como lidar com portas fechadas

Tema abordado por David Gomes em 26 de setembro de 2021

Carlos Oliveira 24SET21
As religiões são todas boas?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de setembro de 2021

Alberto Verissimo 19SET21
Crer ou Crer, eis a questão

Tema abordado por Alberto Veríssimo em 19 de setembro de 2021

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:3 em 22 de setembro de 2021

 
ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário