Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (7)

Acts dispensationally considered

 

A ÚLTIMA NOITE PAVOROSA

 

     “Quando chegou a décima quarta noite, sendo impelidos de uma e outra banda no mar Adriático,[1] lá pela meia-noite, suspeitaram os marinheiros que estavam próximos de alguma terra.

     “E, lançando o prumo, acharam vinte braças; passando um pouco mais adiante, tornando a lançar o prumo, acharam quinze braças.

Ler mais: Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (7)

Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (6)

Acts dispensationally considered

 

UMA TEMPESTADE NADA PEQUENA

 

     Como a violenta tempestade continuou ininterruptamente durante a primeira noite e os passageiros e a tripulação ficaram “agitados [pela] veemente tempestade”, tornou-se necessário aliviar o navio. Na verdade, a palavra original está no tempo imperfeito e indica que eles continuavam a aliviá-la (lançando ao mar o que poderia ter sido esquecido) uma provável indicação de que o vazamento já havia começado.

Ler mais: Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (6)

Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (4)

Acts dispensationally considered

 

DIFICULDADES À FRENTE

 

     “E, como por muitos dias navegássemos vagarosamente, havendo chegado apenas defronte de Cnido, não nos permitindo o vento ir mais adiante, navegamos abaixo de Creta, junto de Salmona.

     “E, costeando-a dificilmente, chegamos a um lugar chamado Bons Portos, perto do qual estava a cidade de Laseia.

Ler mais: Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (4)

Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (3)

Acts dispensationally considered

 

AS ÚLTIMAS CENAS FAMILIARES

 

     “Como se determinou que havíamos de navegar para a Itália, entregaram Paulo e alguns outros presos a um centurião por nome Júlio, da Coorte Augusta.

     “E, embarcando nós em um navio Adramitino, partimos navegando pelos lugares da costa da Ásia, estando connosco Aristarco, Macedónio de Tessalónica.

Ler mais: Atos Dispensacionalmente Considerados - CAPÍTULO XLVII – Atos 27:1-44 (3)

Sermões e Estudos

José Carvalho
Influenciados

Sermão proferido por José Carvalho em 14 de julho de 2019

David Gomes
Escapando de Emaús

Sermão proferido por David Gomes em 07 de julho de 2019

Carlos Oliveira
Maldição hereditária

Sermão proferido por Carlos Oliveira em 30 de junho de 2019

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 2:18 em 10 de julho de 2019

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário