• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Armando Santos 26JUN22
Noites longas

Tema abordado por Armando Santos em 26 de junho de 2022

Carlos Oliveira 24JUN22
O que é a verdade?

Tema abordado por Carlos Oliveira em 24 de junho de 2022

Dario Botas 19JUN22
Esperança terrena vs celestial (Tessal.)

Tema abordado por Dário Botas em 19 de junho de 2022

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 4:12 em 29 de junho de 2022

 
ver mais
 

Notícias

28-06-2022 - Após 49 anos, Supremo Tribunal dos EUA derruba lei pró-aborto no país

Ativistas pró-vida comemoram em frente à Suprema Corte [à esq.] (Captura de tela Fox News)

Ativistas pró-vida comemoram em frente o Supremo ribunal [à esq.] (Captura de ecrã Fox News)

 

    Em decisão histórica, o Supremo Tribunal dos EUA anulou a decisão de Roe v. Wade, concluindo que não há direito constitucional ao aborto. Os votos dos juízes evocam a Lei da Idade Gestacional do Mississippi, que proíbe a maioria dos abortos após 15 semanas de gravidez..

Conheça a história sobre a lei Roe v Wade, que autorizava o aborto nos EUA:

Caso

1971 — O caso foi aberto por Norma McCorvey, conhecida em documentos judiciais como Jane Roe, contra Henry Wade, promotor público do condado de Dallas, que impôs uma lei do Texas que proibia o aborto, exceto para salvar a vida de uma mulher.

Decisão

22 de janeiro de 1973 — O Supremo Tribunal dos Estados Unidos, em uma decisão de 7 a 2, afirma a legalidade do direito da mulher de fazer um aborto de acordo com a Décima Quarta Emenda da Constituição.

O tribunal considerou que o direito de uma mulher ao aborto se enquadrava no direito à privacidade (reconhecido em Griswold v. Connecticut) protegido pela Décima Quarta Emenda. A decisão deu à mulher o direito ao aborto durante toda a gravidez e definiu diferentes níveis de interesse do Estado para regular o aborto no segundo e terceiro trimestres.

A decisão afetou as leis em 46 estados.

Ler mais: 28-06-2022 - Após 49 anos, Supremo Tribunal dos EUA derruba lei pró-aborto no país

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário